No período ditatorial, Portugal estava fechado ao exterior, o que acabou por estagnar o desenvolvimento da moda e da confeção de roupa. Contudo, ainda antes da queda do regime, Ana Salazar abriu a loja Maçã, que trouxe a Lisboa novas ideais e tendências.

Depois da queda do regime e com a democracia a vigorar em Portugal, Ana Salazar aventurou-se no design de moda e começou a desenhar e a confecionar as suas próprias peças de vestuário. Foi aqui que as suas peças de autor conquistaram o coração dos fashionistas tanto em Portugal, como em França.

Ana Salazar foi a grande criadora dos "Acontecimentos de Moda" em território nacional, que, hoje, conhecemos como desfiles de de moda, sendo também a primeira estilista a ter pisado pela primeira vez a passarela da ModaLisboa. Ao longo da sua longa carreira ainda teve a oportunidade de criar várias campanhas, de participar em inúmeras exposições e de estar presente em diversos congressos. A estilista foi a responsável pelo design do fardamento do pessoal de limpeza de ruas da Câmara Municipal de Lisboa, que continua a ser o mesmo. O trabalho de Ana Salazar é disruptivo e de vanguarda, criado para uma mulher independente e segura.

Na área da Beleza, Ana Salazar criou duas fragrâncias. A edição mais antiga foi lançada em 2004 e, a mais recente, em 2009. Em relação à sua imagem, é o cabelo vermelho vivo que chama toda a atenção a par, claro, com a maquilhagem forte, protagonizada pelos tons mais escuros. Os acessórios, como o turbantes, os lenços e os chapéus também estão ao serviço do icónico estilo da estilista.

No dia em que Ana Salazar celebra 80 anos de vida, conheça os seus looks de Beleza.

Inclua este passo no seu ritual de Beleza!

Subscreva a newsletter da Miranda by SAPO.

Seja a primeira a receber as melhores dicas de Beleza

Ative as notificações da Miranda.

Enquanto o verniz das unhas seca…

Siga a Miranda by SAPO no instagram. Use a #SomosTodosMiranda nas suas publicações.