Se olharmos para trás, o boom dos iluminadores não foi assim há tanto tempo. Podemos dizer que surgiram sorrateiros, numa época onde o mate era o goal absoluto e qualquer vestígio de brilho num look era um ultraje. Como dizia o poeta, "Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades", e com todo um mundo digital a acontecer, a tendências vêm e voltam à velocidade da luz. Os highlighters começaram a conquistar cada vez mais o seu espaço no mundo da maquilhagem, até que hoje, o que realmente procuramos é um visual iluminado, natural e com aspeto natural e hidratado. Por outras palavras, glowydewy e moist, para as beauty lovers.

dolphin skin é o próximo passo, ou melhor, a próxima tendência de maquilhagem. Em português, "pele de golfinho" é o movimento que já está online, mas promete marcar o seu lugar com afinco. Como o próprio nome indica, a ideia é reproduzir na perfeição a pele dos golfinhos, ou seja, o efeito iluminado e molhado da textura imaculada desses adoráveis animais marinhos.

A mente por detrás deste conceito é Mary Phillips, embaixadora da Iconic London, cujo look foi pensado tendo por referência o nosso "rosto acabado de sair da piscina", como explica a mesma à revista Glamour. A makeup artist usa três conceitos para descrever esta tendência: pele lisa, beijada pelo sol e com efeito molhado. E acrescenta que o produto que realmente necessita para aderir a esta tendência é "um bom iluminador", colocado de forma natural na pele, nas têmporas, no osso das sobrancelhas, entre as mesmas e no topo das bochechas e queixo. Para realçar o efeito moist, o uso de um óleo facial ou um creme hidratante com brilho ou pérolas são indispensáveis.

Newsletter

O seu ritual de Beleza tem mais um passo: assine a newsletter Miranda e receba as novidades da cosmética e artigos dos nossos #RealFluencers no seu email.

Na sua rede favorita

Siga a Miranda no Instagram. Partilhe as suas fotos de Beleza com #SomosTodosMiranda