#Review - os perfumes que nos acompanham este outono
Velvet Orchid Eau de Parfum, €103,55, 50 ml, Tom Ford, na Sephora

Se há marca capaz de fazer um bom perfume cheio de personalidade terá de ser a Tom Ford. E o Velvet Orchid é um daqueles casos claros de amor ou ódio: ou se apaixona perdidamente por esta fragrância ou irá torcer o nariz de cada vez que a cheirar. Eu estou na equipa dos primeiros, mas sou suspeita: o meu coração bate mais forte por todos os aromas da Tom Ford. O nome revela um dos ingredientes principais, mas é o resto que torna esta fragrância tão intrigante. Como é que bergamota, mandarina, rum e mel resultam na criação de um perfume oriental floral? A primeira palavra que me vem à cabeça para descrever este perfume é misterioso - seguido muito próximo de sombrio e sedutor. É um aroma envolvente, forte, que nos acompanha o dia todo e nos faz sentir capazes de dominar o mundo. - PD

#Review - os perfumes que nos acompanham este outono
Women Eau De Parfum, €80,80, 50ml Calvin Klein, no El Corte Inglès

Esta Eau de Parfum foi-me oferecida por uma amiga pela altura em que foi lançada, no verão de 2018. Apesar de não ter sido amor ao primeiro borrifo, hoje já não passo sem ela no meu dia a dia. Tem um aroma delicado, proveniente das flores brancas — nomeadamente a magnólia e o jasmim — e dos citrinos — como a toranja, o limão e a bergamota — que entram na sua composição olfativa. Todavia, e porque as suas notas de fundo são amadeiradas, esta fragrância não é nem muito floral, nem demasiado suave ao ponto de ser imperceptível. - CPM

#Review - os perfumes que nos acompanham este outono
L'Eau D'Issey Rose & Rose Eau de Parfum, €87,50, 50 ml, Issey Miyake, na Douglas

Não sou a maior fã de aromas florais adocicados, mas há qualquer coisa na L'Eau D'Issey Rose & Rose que a torna verdadeiramente especial. Mal meti o nariz onde era chamada, durante a apresentação deste perfume, fiquei encantada com esta fragrância que me transporta imediatamente para o jardim de rosas a que a casa da minha avó cheirava durante a minha infância. Perfumes para mim são memórias, e por isso este entrou logo para a minha lista de favoritos por me aquecer o coração. Não há ninguém que não elogie este perfume enquanto o estou a usar: extremamente feminino, mistura a delicadeza e força da rosa (neste caso, as variedades centifolia e damascena) como nota principal, tendo também alguns ingredientes secretos que tornam o aroma mais intrigante, como a pimenta rosa, a pera e a framboesa. - PD

#Review - os perfumes que nos acompanham este outono
Black Opium Eau de Parfum, €87,30, 50 ml, Yves Saint Laurent, na Perfumes & Companhia

Se vou ter um meeting importante: Black Opium. Se sinto que estou num dia não e preciso de um perfume que me dê super poderes para aguentar todas as tarefas complicadas que podem surgir pela frente: Black Opium. Se vou jantar fora ou sair à noite para um bar: Black Opium. Basicamente, o Black Opium está aqui para quase todas as ocasiões do meu quotidiano. Desde que comecei a usá-lo, no outono passado, que não sai da minha cómoda de produtos de Beleza. Esta Eau de Parfum tem uma fragrância envolvente e inebriante, meio apimentada, não sendo por isso recomendada a pessoas que, num momento ou outro, querem passar despercebidas — até porque dura muito tempo na pele. - CPM

Na sua rede favorita

Siga a Miranda no Instagram. Partilhe as suas fotos de Beleza com #SomosTodosMiranda