Observar um makeup artist a aplicar sombras de olhos pode ser bem similar a um espectáculo de ilusionismo. De repente, embalamos na fluidez dos movimentos do maquilhador e, tal qual magia, um smoky eye aparece diante dos nossos olhos.

Foi para tentar tornar este processo menos inatingível - e mais passível de ser replicado - que pedimos a Miguel Stapleton, maquilhador, que partilhasse com a Miranda os seus truques imprescindíveis para aplicar sombras de olhos como um verdadeiro pro.

Preparar as pálpebras

"Pessoalmente uso um bocadinho de anti-cerne (corrector) bem espalhado pela pálpebra e um bocadinho de pó translúcido. As quantidades são importantes: se pusermos muito corrector de olheiras estamos a criar uma camada de produto que pode vincar com o tempo e tornar os nossos pretos num cinzento com um aspecto um bocado sujo. Quanto ao pó, deve-se usar o suficiente para a pálpebra não estar completamente pegajosa, para que seja possível esbater a sombra, mas também deixando aderência suficiente para que as sombras permaneçam na pálpebra."

Conhecer as fórmulas

"Gosto de utilizar sombras em creme para uma utilização mais geral all-over pelas pálpebras. Sombras em pó permitem um maior controlo de aplicação, mas requerem o trabalho de as esbater. Permitem, no entanto, uma aplicação mais precisa e é o que utilizo 90% das vezes."

10 primers fixadores para sombras que não saem do sítio
10 primers fixadores para sombras que não saem do sítio
Ver artigo

Escolher os pincéis certos

"Tudo depende do que queremos para a nossa sombra. Um pincel mais pequeno irá dar um acabamento mais rígido e preciso, permite mover cores que já estão na pálpebra, por exemplo ao esbater um lápis preto, e um maior depósito de pigmento. Pincéis maiores e menos densos dão um acabamento mais leve e difuso, mas são necessários movimentos muito mais curtos para não preencher a pálpebra toda com cor de repente. Como têm maior área de superfície, também é desperdiçado mais produto, que às vezes acaba por cair para debaixo dos olhos..."

Ignorar as regras (mas tirar partido de algumas)

"A maquilhagem pode ser algo discreto ou então para nos expressarmos, portanto não existem regras. No entanto, cores contrastantes com a nossa cor da íris irão fazer com que a cor dos nossos olhos sobressaia mais. Basta apenas olhar para a roda das cores para entender que castanho é uma cor neutra, pelo que qualquer cor de sombra serve. O verde contrasta com encarnado, pelo que sugiro tons adjacentes como o rosa ou o cobre - já que o vermelho pode simular uma conjuntivite! Por último, o azul contrasta com laranja."

Inclua este passo no seu ritual de Beleza!

Subscreva a newsletter da Miranda by SAPO.

Seja a primeira a receber as melhores dicas de Beleza

Ative as notificações da Miranda.

Enquanto o verniz das unhas seca…

Siga a Miranda by SAPO no instagram. Use a #SomosTodosMiranda nas suas publicações.