Já toda a gente sabe quem é Billie Eilish, correcto? [Para quem esteve fechado numa gruta podemos resumi-la como a maior sensação atual da pop] O que muitos parecem estar esquecidos é que a cantora tem apenas 17 anos. Não que objetificar o corpo de uma mulher seja razoável em qualquer outra idade, mas quando ficámos a saber o zumzum que um simples tank top criou tivemos de ir confirmar ao calendário que ainda estávamos em 2019.

Uma rara aparição da adolescente com um tank top branco despoletou a discussão nas redes sociais. Depois de alguns utilizadores se terem apressado a comentar sobre o corpo da cantora, muitos dos seus fãs vieram em sua defesa.  "Lembrete casual de que a Billie Eilish, uma rapariga de 17 anos, disse que deliberadamente veste roupas largas para não ser sexualizada dessa forma por uma cultura misógina que ganha com a sexualização de adolescentes", escreveu um deles.

A troca de comentários continuou, até que um utilizador teve a ideia de justificar os comentários ao corpo de Billie com qualquer coisa como "ah, mas as letras das suas músicas são sexuais". E desde quando isso dá o direito de objetificar alguém (é esta a nova versão de 'pôs-se a jeito'?)? Escusado será dizer que as respostas dos fãs em defesa da cantora continuam até agora.

Entrevista: Karoline Vitto, a designer de Moda mais #bodypositive que já vimos
Entrevista: Karoline Vitto, a designer de Moda mais #bodypositive que já vimos
Ver artigo

Na campanha recente I Speak My Truth da Calvin Klein, Billie já tinha revelado o porquê das suas escolhas de vestuário serem oversized, mostrando-se desconfortável com os comentários sobre o seu corpo. "É por isso que eu uso roupas largas. Ninguém pode comentar sobre o meu corpo porque não viram o que está por baixo [delas]", explica. "Ninguém pode dizer, 'ela é boa', 'ela não é boa', 'ela não tem rabo' ou 'ela tem o rabo grande'. Ninguém pode falar nada porque ninguém sabe." À revista Marie Claire descreveu a fama como "horrível", mesmo tendo o lado positivo de a fazer dar concertos e conhecer pessoas.

Há muito mais para falar sobre Billie - e todas as outras mulheres na spotlight - do que a forma como decide vestir-se, mostrar ou não o seu corpo. Que tal aplaudir a chegada a número 1 do Billboard do seu álbum When We All Fall Asleep, Where Do We Go? Ou o facto de ser a mais jovem artista a ser escolhida pela BBC para Sound of 2018 Longlist? É só uma ideia.

E agora recapitulando, "não está certo":

Na sua rede favorita

Siga a Miranda no Instagram. Partilhe as suas fotos de Beleza com #SomosTodosMiranda