Foi a 22 de junho de 1982 que Portugal viu nascer uma das mais talentosas atrizes de que há memória. Com apenas 15 anos, Soraia Chaves ganhou reconhecimento quando venceu o título de Elite Model Look Portugal. A partir daí, as portas da moda abriram-se num abrir e fechar de olhos, seguindo-se campanhas atrás de campanhas, como também desfiles, com paragem obrigatória no Portugal Fashion.

A representação surgiu em 2005, ao interpretar Amália no filme “O Crime do Padre Amaro”. Depois, seguiram-se papéis em produções cinematográficas e televisivas dentro e fora de Portugal como “Barcelona, Cidade Neutral”, “A Bela e o Papparazo”, "Dancin’ Days” e “Alma e Coração”. Em 2007, pela prestação no filme de António-Pedro Vasconcelos, “Call Girl”, venceu o Globo de Ouro de Melhor Atriz.

Desde a primeira aparição no grande ecrã que Soraia Chaves se tornou num sex symbol. Morena por natureza, de olhos castanhos expressivos e com um corpo desenhado ao pormenor, a atriz é fã maquilhagens minimalistas e naturais, mas com um toque de glamour. Em “A Bela e o Papparazo”, chegou até mesmo a pintar o cabelo de loiro platinado. No ano de 2020, cortou radicalmente um cabelo, fazendo um pixie para a sua personagem na série "A Generala" da SIC.

No dia do seu 39º aniversário, refresque a memória com alguns dos seus melhores looks de Beleza:

Inclua este passo no seu ritual de Beleza!

Subscreva a newsletter da Miranda by SAPO.

Seja a primeira a receber as melhores dicas de Beleza

Ative as notificações da Miranda.

Enquanto o verniz das unhas seca…

Siga a Miranda by SAPO no instagram. Use a #SomosTodosMiranda nas suas publicações.