Se quando pensa em desmaquilhantes a primeira coisa que lhe vem à cabeça são desmaquilhantes em gel ou mesmo toalhitas, está na hora de descobrir as maravilhas (ou antes, os benefícios) dos óleos.

Palavra proibida para muitos que acreditam que usar um óleo significa ficar com pele oleosa - e sobre esse tópico a Mafalda Beirão já nos contou tudo sobre a sua conversão -, a verdade é que os cleansers com esta textura podem ser óptimos aliados na hora de retirar a maquilhagem.

Como usar

Cada fórmula é cada caso, e o ideal é ler as indicações respectivas na embalagem. Tratando-se de um óleo clássico, este poderá ser aplicado diretamente nas mãos e depois no rosto ou embebido num disco de alogodão e aplicado depois na pele. Alguns produtos funcionarão melhor combinados com água e criando uma emulsão. Já no caso dos bálsamos, é necessário colocar o produto nas palmas das mãos e aquecê-lo ligeiramente, criando assim a textura de óleo.

A experimentar

Quem tem peles secas ou desidratadas, vai gostar ainda mais do efeito deste tipo de desmaquilhantes, já que a pele fica mais hidratada do que depois de utilizar um desmaquilhante em gel ou espuma.

Ideal para o double cleansing

Nunca ouviu falar no conceito de double cleansing? É o processo de limpar a cara em duas etapas primeiras sendo que a primeira é precisamente a de dissolver toda a maquilhagem com um óleo. Ou seja, o objectivo é retirar grande parte da maquilhagem antes de chegar à limpeza efectiva da pele - e nisso são muito eficazes, sobretudo para quem usa máscara de pestanas à prova de água.

12 produtos nesta fórmula para descobrir

Na sua rede favorita

Siga-nos no Instagram