Sabia que a pele é o primeiro lugar onde as alergias se manifestam? Muito provavelmente já sentiu desconforto, irritação ou vermelhidão na pele do seu rosto ou corpo pensando que era “apenas” efeitos de uma pele sensível. Acontece, que muitos desses efeitos vêm acompanhados de ardor, inchaço e erupções cutâneas e isso é a nossa pele a dar sinais de que pode estar perante uma reação alérgica.

Hoje, 8 de julho, celebra-se o Dia Mundial da Alergia, uma doença que afeta cerca de um terço da população portuguesa. Todos os anos, a Organização Mundial da Saúde e a World Allergy Organization assinalam o dia abordando um tema diferente com o objetivo de sensibilizar para a importância do tratamento das alergias. Este ano, debate-se a anafilaxia, o estado mais grave da alergia, que leva à falta de ar, inchaço, desmaios e obstrução das vias respiratórias.

A Miranda esteve à conversa com as farmacêuticas Cátia e Inês, (responsáveis pela página SkinCoach), que nos explicaram tudo sobre as causas e os sintomas da alergia.

Principais sinais de alergia:

  • Espirros
  • Olhos inchados
  • Lacrimejar
  • Sensação de prurido
  • Corrimento nasal
  • Erupções cutâneas
  • Inchaço
  • Tosse seca e irritativa

“A predisposição genética é a principal causa das alergias, mas a exposição constante aos alergénios aumenta o risco do seu desenvolvimento”, começam por esclarecer. “As alergias mais comuns em Portugal são ao pólen e aos ácaros. Também há uma grande percentagem de alergias ao pelo de animais de estimação. Já as alimentares (leite, ovos, marisco) são as que causam mais situações de crise anafilática no país”.

As alergias também podem desencadear crises de asma e de eczema atópico (placas e crostas vermelhas com vesículas em certas zonas do corpo e rosto). A pele com tendência alérgica reage perante a utilização de produtos inadequados ao seu tipo de pele, ou em resposta a fatores alergénicos, podendo resultar em várias formas de erupções cutâneas.

Pele sensível? 10 protetores solares que serão os seus melhores amigos
Pele sensível? 10 protetores solares que serão os seus melhores amigos
Ver artigo

Por isso é tão importante saber distinguir as diferenças entre uma pele sensível e uma pele alérgica. As farmacêuticas passam a explicar: “A pele sensível é uma expressão utilizada para caracterizar uma pele reativa, quando a própria pessoa sente que determinados produtos ou situações deixam a pele desconfortável. Já uma pele alérgica ou com eczema alérgico apresenta sinais visíveis como vermelhidão, bolhas e vesículas, prurido e inchaço da pele".

Nestes casos, é essencial respeitar as exigências da pele, utilizando produtos de elevada tolerância, de grande suavidade e hidratação. “É fundamental que se mantenha a barreira da pele intacta para que não entrem mais alergéneos nem bactérias. Devem ser usados produtos calmantes, nutritivos e que não desidratem a pele”.

Do gel de banho, limpeza, hidratação até à proteção solar, reunimos 10 produtos calmantes que deve acrescentar à sua rotina de pele alérgica:

Inclua este passo no seu ritual de Beleza!

Subscreva a newsletter da Miranda by SAPO.

Seja a primeira a receber as melhores dicas de Beleza

Ative as notificações da Miranda.

Enquanto o verniz das unhas seca…

Siga a Miranda by SAPO no instagram. Use a #SomosTodosMiranda nas suas publicações.