Já deve ter reparado que as características da pele variam ao longo do ciclo menstrual. Ora está mais seca, ora está mais oleosa e, em alguns dos dias, até temos a “sorte” de nem sentir grandes diferenças. Mas as mudanças hormonais existem e têm impacto no estado da nossa pele. Porém, tendemos a colocar a culpa na síndrome pré-menstrual e não reagimos às suas necessidades.

Durante o ciclo, passamos pelas três fases cruciais: a fase folicular, a fase lútea e a fase menstrual. E dependendo da fase em que nos encontremos, é importante adaptarmos os cuidados de skincare, com produtos que respeitem as necessidades da pele. Para sabermos corretamente como o fazer, estivemos à conversa com a dermatologista Dra. Rita Travassos, que nos explicou todo o processo nas diferentes fases.

A fase folicular (da menstruação à ovulação)

Esta é a fase em que a pele se encontra mais hidratada e luminosa, graças aos elevados níveis de estrogénio. “A sua concentração aumenta na fase folicular e atinge o seu pico máximo um dia antes da ovulação. O que resulta no aumento da espessura da pele, da produção de colagénio, da água na derme, da melhoria da função de barreira e da cicatrização de feridas”, explica a Dra. Rita.

Neste caso, os cuidados com a pele não precisam de ser específicos. No entanto, caso a sua pele seja propensa a manchas de hiperpigmentação, deve reforçar a proteção solar, pois o pico de estrogénio pode promover o seu aparecimento.

A fase lútea (da ovulação à menstruação)

É nesta fase que os níveis de estrogénio baixam, dando lugar à progesterona, responsável por aumentar a atuação das glândulas sebáceas, deixando a pele mais oleosa e com tendência a surgir borbulhas. “De facto, os períodos de níveis máximos de concentração de progesterona têm sido associados a agravamento de determinadas patologias da pele, como acne, psoríase ou eczema”, refere a especialista.

Quanto aos cuidados de pele nesta fase, a Dra. Rita Travassos sugere o uso de produtos com galénicas mais leves, não descurar a higienização da pele e, claro, a remoção da maquilhagem, preferindo produtos de higiene para remoção que contenham água. É uma altura em que também é importante fazer a esfoliação semanal, se tem tendência para acne retencional (com pontos negros).

A fase menstrual (durante a menstruação)

Na fase menstrual, a progesterona e os estrogénios diminuem, deixando a pele mais seca, sensível e, por vezes, irritada. “A progesterona tem o seu aumento máximo na semana a seguir à ovulação, para depois diminuir, juntamente com os estrogénios, no final da fase lútea, culminando na menstruação”, explica.

“Nesta fase, é essencial reforçar a hidratação da pele, reduzir potenciais agressões e a potencial exposição a alergénios. Não será a altura ideal para experimentar novos cosméticos ou usar pela primeira vez produtos mais agressivos, como retinóides ou alfa-hidroxiácidos (por ex. ácido glicólico)”.

Espreite, na galeria abaixo, alguns produtos que pode e deve incluir na sua rotina de skincare durante o ciclo menstrual:

Inclua este passo no seu ritual de Beleza!

Subscreva a newsletter da Miranda by SAPO.

Seja a primeira a receber as melhores dicas de Beleza

Ative as notificações da Miranda.

Enquanto o verniz das unhas seca…

Siga a Miranda by SAPO no instagram. Use a #SomosTodosMiranda nas suas publicações.