As vitaminas do complexo B desempenham um papel activo na produção e regulação dos níveis de óleos naturais do cabelo. Não ter quantidades suficientes deste nutriente pode fazer com que os fios fiquem muito oleosos. Os níveis hormonais também desempenham um papel importante e podem ficar irregulares devido a situações como gravidez, puberdade, menopausa e stress. Certos medicamentos, como a pílula, também podem levar a um aumento da produção de óleo no couro cabeludo.

Em qualquer caso, a primeira e melhor opção é sempre procurar um dermatologista, que aconselhará exames, especialistas ou tratamentos que podem ajudar. Se a falta de vitamina B ou a questão hormonal não for o seu caso, mas ainda assim o seu look parece um anúncio – inadvertido – a um gel de cabelo, há 10 possíveis razões para isso. A boa notícia é que a oleosidade não é, necessariamente, um problema para toda a vida. E sim, é possível controlá-la com um pouco de tempo e paciência

1. Baixe a temperatura

Vamos falar da temperatura da água que usa no duche. Gosta dela bem quente? Ah, pois é... o vapor e a água quente retiram a humidade e o óleo natural do couro cabeludo. Quando isso acontece, as glândulas sebáceas produzem mais óleo para compensar, ou seja, o cabelo fica novamente oleoso em pouco tempo. Reduza a temperatura para morna e verá rapidamente uma redução na produção sebácea e também no brilho dos fios de cabelo. A pele também agradece.

2. Não precisa de lavar o cabelo todos os dias (sim, leu bem)

Não tem necessariamente de lavar o cabelo todos os dias. O seu champô pode estar a tirar os óleos naturais dos fios, mas em excesso. E nunca é demais reforçar: o condicionador deve ser aplicado apenas do meio para as pontas, e nunca no couro cabeludo. Deve enxaguá-los muito bem após cada aplicação.

3. Penteie q.b.

Penteie os cabelos com uma escova que distribua uniformemente os óleos naturais da raiz até às pontas, o que ajudará também a manter as extremidades hidratadas. Mas não o faça mais do que duas ou três vezes por dia, e lembre-se de lavar sempre a escova após o uso e de retirar o excesso de fios que ficam presos nela.

4. Modere as ferramentas

Evite usar o modelador, ou o alisador, ou fazer brushing demasiadas vezes por semana — sim, há quem alise ou encaracole o cabelo todos os dias. Quando o secar, sempre que possível, faça-o no modo frio, novamente, para evitar estimular demasiado as glândulas sebáceas do couro cabeludo. E nunca se esqueça de aplicar um protector térmico para os fios.

20 cortes de cabelo para este Verão
20 cortes de cabelo para este Verão
Ver artigo

5. Tire as mãos de cima

Se tem aquele tique de estar a mexer constantemente no cabelo... já adivinhou... ele ficará mais oleoso. O toque transfere o calor e a oleosidade das mãos para os fios. O mesmo acontece com o rosto. O ideal é evitar o excesso de toque na pele e nos cabelos, por isso, controle-se!

6. Solte o cavalo

Não prenda o cabelo num rabo de cavalo muito apertado. Isso pode contribuir para que o óleo se acumule sobretudo nessa parte do couro cabeludo e lhe dê mais rapidamente o  aspecto de cabelo oleoso.

7. Dia de descanso

Se insiste em lavar diariamente, escolha pelo menos um dia de descanso. Quando lavar a cabeça, escolha champôs e produtos com fórmulas específicas para a sua necessidade. Para os dias “não”, ou em S.O.S., use um champô seco, são uma das recentes maravilhas da cosmética capilar e funcionam mesmo.

8. Escolha bem os aliados

Use os produtos certos (veja as sugestões na galeria). Se têm fios finos a médios, deve usar um champô e condicionador com uma fórmula para esse tipo de cabelo. Quem tem cabelo grosso ou encaracolado, pode optar por fórmulas mais nutritivas e ainda aplicar produtos à base de creme rico e óleos.

9. Mão leve

Não exagere na quantidade de produtos que aplica. Usar, de todas as vezes que lava o cabelo, champô, condicionador, leave-in, spray de volume, mousse, fixador, óleo para as pontas, protector térmico, entre outros... além de cansativo é capaz de ser um exagero, por muito que as coreanas usem 25 produtos de beleza por dia na sua rotina. Menos costuma ser mais e pode sempre intercalar a utilização dos seus produtos favoritos.

10. Elimine a poluição... do cabelo

A sujidade contribui para a oleosidade. Já existem champôs com características detox e pode usá-los todos os dias (ou conforme indicado na embalagem) para se certificar que removeu dos fios todas as impurezas do ambiente, excesso de oleosidade e produtos de styling.

Avenida dos Aliados: produtos que ajudam a controlar a oleosidade

Na sua rede favorita

Siga-nos no Instagram