Penso, cada vez mais, que a maturidade e as prioridades, quando estão no sítio certo, nos levam a saber lidar com o tempo de uma forma menos frustrada, sabendo tirar o máximo partido deste. Passamos a ser mais certeiros e, portanto, mais felizes. Bem sei que isto tudo faz parte de uma estratégia de foco - no meu caso muito assente em práticas de mindfulness e auto-cuidado. Dentro do pouco tempo que temos (achamos nós) temos de nos ir auscultando e mimando. Esta é a fórmula certa para estares bem contigo, ajudando-te a lidar com tudo, inclusive com o tempo, da forma mais saudável possível.

Os meus 10 bons hábitos

No meu caso tenho cerca de 10 hábitos - e tenho a certeza que este número vai esticar - que me ajudam muito a parar, respirar e seguir de novo, no compasso certo do tempo. Inconscientemente, fui dedicando uma zona específica da casa para a prática da meditação, um género de altar, onde tenho lembranças de viagens, cristais e corais oferecidos por amigos, flores, pau santo e incensos. Construí um cenário muito pessoal, que me traz felicidade e me aviva a memória para coisas que me fazem sorrir. Sento-me confortável, respiro três vezes e tento silenciar a mente. Mesmo que sejam apenas 5 minutos. São minutos dedicados a mim.
A cristaloterapia passou a ser uma prática muito recorrente no meu dia-a-dia. Ela entra em algumas curas energéticas que faço pontualmente integradas em massagens (o Tivoli Seteais tem um ritual incrível que não posso deixar de mencionar, porque foi das experiências mais especiais que tive nos últimos anos). Para além deste tipo de práticas, ando sempre com alguns cristais na carteira ou nos bolsos, que me ajudam a centrar e a filtrar energias.

#AoNatural: a minha receita favorita de mindfulness

Adoro livros, uma das coisas que mais gosto de fazer é regressar aos livros que já li. Tenho 3 livros que abro aleatoriamente, leio uma ou duas páginas e fecho-os. Conseguem colocar-me no sítio certo, sempre. São eles: “The things you can see only when you slow down” de Haemin Sunim, “The four agreements” de Don Miguel Ruiz e o “May Cause Miracles” da Gabby Bernstein.
Tratar da pele (o nosso maior órgão, que merece todos os cuidados do mundo) e cabelo. Incluam na vossa agenda: banhos de sal com alecrim; façam os vossos próprios mixes de plantas, além de um esfoliante natural vai ajudar-vos a relaxar ainda mais, desintoxicando a pele e não só. Máscaras faciais e capilares, incluam-nas também na vossa lista de auto-cuidado - costumo fazer uma máscara capilar com óleo de coco, óleo essencial de alecrim e alfazema. O cabelo fica brilhante e este blend em específico, ajuda na força e crescimento dos fios.
Na minha viagem a Los Angeles, em Agosto de 2017, fui apresentada ao mundo dos podcasts. Ouso muitas coisas diferentes, mas nunca falho os podcasts da Goop, de Gwyneth Paltrow. Ela está sempre à conversa com pessoas incríveis ligadas aos temas de que mais gosto: bem-estar, saúde mental, ciência, práticas alternativas, entre outros. Aprendes sempre algo de novo, enriquecendo os teus conhecimentos e cultura geral.

#AoNatural: uma vida “ayurvédica” e a chave para um tesouro chamado bem-estar
#AoNatural: uma vida “ayurvédica” e a chave para um tesouro chamado bem-estar
Ver artigo

Pssst: Interrompo a minha lista para vos dizer que não existe uma ordem nesta lista, tudo o que escrevo aqui é importante. Bem sei que combinar estas sugestões todas parece um full time job! Nada disso, desafiem o vosso tempo para se cuidarem e vão ver que ele se multiplica. Caminhar na natureza, passear num jardim, descalçar os sapatos e sentir a relva molhada. É tão bom quanto, molhar os pés no mar. Aposto convosco!

Fazer uma corrida. Chegar a casa e, sem pensar, vestir algo leve e calçar os ténis. Ah, colocar aquela playlist que nos dá vontade de conquistar o mundo e correr sem destino. Experimentem! Por último, a arte de fazer journaling. Escrevo arte, porque foi algo que comecei a fazer há uns anos e passou a ser tão importante quando terapia. Aliás, é terapia. Não precisam de ter um caderno especial (apesar de existirem cadernos lindos para o efeito), basta começar a rabiscar o que vos vai na alma. Quase como um querido diário, mas desta vez em versão adulta. Nas vossas linhas não se esqueçam de agradecer e de pedir. Vão sentir que a vossa energia vai mudar e quando isso acontece é simplesmente mágico.

Ana Krausz é uma apaixonada por pessoas eprojectos, pelo novo. Às experiências em Turismo, aviação e assessoria de Imprensa, une compromisso com a forma física, o bem-estar, o desporto e a beleza. O universo orgânico, holístico, a sustentabilidade e o slow living conquistaram a sua atenção, fazendo nascer uma nova forma de ver e desfrutar a vida. Para seguir aqui, e no blogue que assina, Krausz.pt

Na sua rede favorita

Siga a Miranda no Instagram. Partilhe as suas fotos de Beleza com #SomosTodosMiranda