Não é um exagero. Depois de usar este champô ele pode mesmo dar lugar a uma árvore. Tudo porque se trata de uma garrafa desenvolvida a partir de materiais biodegradáveis (como amido de milho), que, por isso, podem ser naturalmente degradados quando enterrados no solo.

Mas não é tudo: no fundo da garrafa estão sementes de azevinho, permitindo que, uma vez desfeita a embalagem - que se desaparece no espaço de um ano -, dê lugar a um azevinho, uma espécie autóctone rara, "que enfrenta uma séria ameaça de extinção em Portugal".

A invenção é da marca taiwanesa O'right, uma marca de produtos capilares profissionais que põe o ambiente e a sustentabilidade em primeiro lugar.

Beleza Eco: qual a diferença entre natural, orgânico ou cruelty-free?
Beleza Eco: qual a diferença entre natural, orgânico ou cruelty-free?
Ver artigo

O que distingue a marca, além do evidente packaging, é também a constituição dos próprios produtos. Quase todos com uma elevadíssima percentagem de ingredientes naturais - não se espante se encontrar números como 98,9% -, são desprovidos de hormonas ambientais, parabenos, formadeídos, corantes e uma série de outros elementos que dispensamos (e o nosso cabelo também).

Com esta consciência ecológica em mente, não seria de esperar que não fossem cruelty-free, mas também vegan e gluten-free.

Para já, os produtos, que acabam de chegar a Portugal, estão disponíveis em farmácias e salões selecionados, bem como online, na Loja do Shampoo.

Quatro produtos para experimentar

Inclua este passo no seu ritual de Beleza!

Subscreva a newsletter da Miranda by SAPO.

Seja a primeira a receber as melhores dicas de Beleza

Ative as notificações da Miranda.

Enquanto o verniz das unhas seca…

Siga a Miranda by SAPO no instagram. Use a #SomosTodosMiranda nas suas publicações.