Ana Lima ganhou o gosto pela maquilhagem ainda na adolescência, primeiro com amigas e depois com a mãe. "Usávamos gloss e khol preto às escondidas", começa por contar, "pelos 13 anos, a minha mãe começou a explicar-me e ajudar-me a escolher produtos, ao mesmo tempo, comecei a explorar a subcultura gótica que tem uma forte componente ligada a maquilhagem expressiva".

#MustFollow: No mundo de Dapperfish, a maquilhagem pode ser tudo e mais alguma coisa
#MustFollow: No mundo de Dapperfish, a maquilhagem pode ser tudo e mais alguma coisa
Ver artigo

A trabalhar na área há mais de dois anos, tendo a certeza de que é isto que quer fazer, Ana mudou-se para Berlim mesmo antes de toda a pandemia começar, onde começará uma formação de maquilhagem no MUD Studio. Formação esta que não foi escolhida ao acaso. "Procurei um curso que pudesse, de facto, acrescentar alguma coisa, não queria estar a fazer um qualquer só pelo "canudo", explica, acrescentando que o objetivo é adquirir "mais técnicas e conhecimentos que vou poder usar na minha expressão e isso deixa-me muito feliz e entusiasmadx acerca do futuro".

Para além de se inspirar em diferentes artistas e diversas áreas artísticas, é da sua Perturbação de Défice de Atenção e Hiperatividade (PHDA) que nascem muitos dos looks de Ana Lima -"A minha cabeça está sempre a mil, imagens, pensamentos e possibilidades a correr e a ligarem-se entre si". Looks estes que têm muito mais do que uma componente estética, representam parte da sua vida e dos seus valores e causas. "Sinto que as minhas maquilhagens são como uma página de um diário. [...] Outras vezes, faço maquilhagem com o propósito de ser interventiva e com componente de crítica social — como a primeira da minha lista de favoritos e a do #vermelhoembelem", conta.

Visuais que começaram a ser partilhados na sua página de Instagram, por incentivo de um antigo relacionamento, "foi das primeiras pessoas próximas a fazer-me acreditar que o que eu faço era digno de uma página dedicada no Instagram e não apenas uma futilidade", lembra. Incentivo e motivação que vieram também da amiga e makeup artist Mariana Gonçalves.

O top 3 dos looks preferidos de Ana Lima

#MustFollow: Ana Lima
Ana Lima créditos: @sleeperly

"Acho que se aplica perfeitamente ao momento atual. É inspirado numa cena do filme "Mad Max: Fury Road", senti ali um reflexo muito intenso do que estamos a viver neste momento. Continuamos a idolatrar as pessoas que vivem e controlam o luxo enquanto as massas lutam para ter o mínimo".

#MustFollow: Ana Lima
Ana Lima créditos: @sleeperly

"É muito “eu”. Estava farte de ver os mesmos temas de Natal nas páginas de maquilhagem então peguei nos tons vermelho e verde e fiz a criação menos natalícia possível".

#MustFollow: Ana Lima
Ana Lima créditos: @sleeperly

"Foi feito em conjunto com a minha drag queen portuguesa favorita: a Morgana, tem tanta coisa por trás daquelas fotos, foi um dia tão preenchido. E toda a informação visual nas fotos está mesmo boa!".

Inclua este passo no seu ritual de Beleza!

Subscreva a newsletter da Miranda by SAPO.

Seja a primeira a receber as melhores dicas de Beleza

Ative as notificações da Miranda.

Enquanto o verniz das unhas seca…

Siga a Miranda by SAPO no instagram. Use a #SomosTodosMiranda nas suas publicações.