“Vamos a Seoul na Páscoa. O que queres que a mãe te traga?” Finalmente o mapa dos meus pais chegou ao destino das peles de porcelana, pensei. Daí a 10 minutos a minha lista tinha virado um guia de compras. Tentei focar-me no essencial: as máscaras faciais, feitas com tudo e à base de tudo. Perfeito. É um bom ponto de partida para a minha gula por cremes e cuidados de beleza.
A minha curiosidade sempre moveu montanhas. Mais do que o desejo em ter uma tez de miúda de 20 anos, o que me fascina no mundo (em geral) é a descoberta, as ideias de génio que fazem nascer coisas (neste caso em particular) como a tecnologia dos fermentados adaptada ao rejuvenescimento da pele.

O consumo de couve fermentada, a típica sauerkraut, sempre fez parte do meu legado austríaco. Em pequena achava repugnante, mas nos últimos anos resolvi dar uma segunda oportunidade à coisa. É verdade, mudam-se os tempos, mudam-se as vontades.
Quando comecei a ler sobre as vantagens destes fermentados também para a pele, pareceu-me lógico. A pele é o maior órgão do ser humano. A forma como a alimentamos e a tratamos segue, claro, a mesma lógica de como tratamos do resto do nosso corpo.
As boas bactérias, provindas da fermentação dão origem ao ácido láctico. Este processo preserva e dá origem à produção de vitamina B, probióticos, ómega 3 (ácidos gordos) e enzimas. Temos assim uma maior riqueza de nutrientes, minerais e “activos” que são mais rapidamente absorvidos pela pele. Deste processo surgem adicionalmente os todo-poderosos aminoácidos e antioxidantes, reis da longevidade cutânea.

#AoNatural: beleza fermentada ou os prodígios das boas bactérias
Organic Flowers Toner Deep Rich, sob consulta, Whamisa, whamisa.co.uk

Como já era de esperar, a minha mãe esbarrou com uma oferta gigante, acabando por me presentear com algumas relíquias, mas aquela máscara, a the one and only, não estava lá. Fiquei-lhe eternamente agradecida e arquivei o assunto.
Para minha grande alegria (e surpresa), o Planet Organic destacava em Janeiro passado a marca coreana orgânica Whamisa.
É agora! Como dizer-vos isto? A minha pele está longe de se transformar num semblante coreano, mas fez-me colocar de lado os meus cremes habituais. A linha não é extensa, mas se tiver de escolher apenas um só produto para colocar no “altar” será o toner Deep Rich.

Mas que a minha pele está incrível, isso está

Cientificamente, este tipo de tecnologia e de cosmética não apresenta ainda um consenso, uma opinião unânime que comprove a 100% a sua eficácia em termos de concentração e, portanto, formulação, mas que a minha pele está incrível, isso está. E por enquanto, quero mantê-la feliz :).

Ana Krausz é uma apaixonada por pessoas e projectos, pelo novo. Às experiências em Turismo, aviação e assessoria de Imprensa, une compromisso com a forma física, o bem-estar, o desporto e a beleza. O universo orgânico, holístico, a sustentabilidade e o slow living conquistaram a sua atenção, fazendo nascer uma nova forma de ver e desfrutar a vida. Para seguir aqui, e no blogue que assina, Krausz.pt

Inclua este passo no seu ritual de Beleza!

Subscreva a newsletter da Miranda by SAPO.

Seja a primeira a receber as melhores dicas de Beleza

Ative as notificações da Miranda.

Enquanto o verniz das unhas seca…

Siga a Miranda by SAPO no instagram. Use a #SomosTodosMiranda nas suas publicações.