Hidratante de lábios

Se pudermos levar apenas um produto, que seja este (que isso não a impeça de continuar a ler o artigo). O hidratante de lábios é absolutamente essencial, sobretudo no Inverno, em que os lábios estão sempre a ameaçar ressecar e gretar. Para aplicar a qualquer altura da noite, preferimos fórmulas em barra, e não em boião, para não contaminar o produto com as mãos que dificilmente estão verdadeiramente limpas.

Papéis matificantes

Para quem à mínima música de JLo já está com um pingo de oleosidade à vista no rosto, a introdução aos papéis matificantes vem na altura certa. Há uma série deles no mercado, mas o propósito é o mesmo: absorver os óleos indesejados do rosto. Ocupam pouquíssimo espaço na carteira e fazem toda a diferença.

Batom ou gloss

Aqui a regra é simples: levar o que se está a usar, seja o gloss mais confortável de sempre ou o batom que jura que dura 8 horas. Bem, e se não durar? O melhor é mesmo levá-lo connosco, e, em caso de necessidade, retocar sem problema.

Champô seco

Umas horas a dançar e o cabelo já nem se lembra como era no início da noite. Este é o momento em que agradecemos a todos os deuses - incluindo os criadores de produtos de Beleza - por existir uma coisa chamada champô seco e, consequentemente, versões miniatura do mesmo. Basta aplicar e, em segundos, dizer adeus à oleosidade e dar as boas-vindas a um volume extra. De nada.

Perfume

Quiçá o menos essencial do grupo, é sempre agradável ter à mão uma fragrância, sobretudo quando se sai de um espaço incrivelmente concorrido. A frescura mantém-se com uns borrifos do perfume que estiver a usar ou, se quisermos ainda mais discrição, com a aplicação destes em formato roll-on.

Na sua rede favorita

Siga-nos no Instagram