Há uma ideia generalizada na sociedade de que todos temos de ser eternamente jovens. E a realidade – e todos a sabemos – é que isso é impossível. Envelhecer faz parte da natureza humana e chegar a uma determinada idade é um privilégio que nem todos têm.

Então, porque é que fazemos tudo para contrariar essa tendência em vez de aceitarmos, de forma natural e genuína, que podemos envelhecer de uma maneira igualmente natural e saudável? Porque é que normalizar algo que é natural é assim tão difícil? Acredito que o podemos fazer de forma autêntica e genuína, e sim, socorro-me de alguns truques que ajudam a diminuir os efeitos da passagem do tempo na minha pele e rosto. Não se trata de ser eternamente jovem, antes pelo contrário, trata-se de envelhecer com graciosidade.

Truques para combater a flacidez, o brilho e a luminosidade da pele sem recorrer a tratamentos invasivos e sem ficar completamente depenada da carteira? Nada como as velhas mezinhas – algumas já do tempo das nossas avós – e bons cremes ou ampolas. Mas também me sirvo das novas tecnologias para me instruir, ou tentar adquirir conhecimentos extra, nesta coisa que é combater a gravidade e a passagem do tempo.

#ÀFlorDaPele: corpo de verão em 2020
#ÀFlorDaPele: corpo de verão em 2020
Ver artigo

Ultimamente dou por mim a ver tutoriais do Youtube de nipónicas de pele imaculada e sem uma única ruga de expressão, e fico, literalmente, de olhos em bico com os cuidados, a técnica e a pele livre de imperfeições. Bem sei que nesta coisa de tratar do rosto e conseguir firmeza e ausências de manchas, proteger a pele do Sol é meio caminho andado. E por isso o uso de um protetor solar no rosto, com fator de proteção 50, é essencial. Todos-os-dias! Quer ande pela cidade ou esteja na praia. É um hábito que não deve descurar. Além do seu creme hidratante também ter fator de proteção, e até a sua base – se usar. Se conseguir evitar a exposição solar escancarada e excessiva, verá que não acaba com cara de passa seca.

Mas nem tudo depende do Sol ou da proteção que pomos no rosto, por isso, muni-me de alguns outros truques que partilho convosco neste desabafo de mulher de meia idade (ainda não acredito que já me designo por mulher de meia idade...), que tenta manter-se fiel a si própria e fugir do botox e dos preenchimentos faciais. Porque podemos ser bonitas mesmo com rugas e de forma natural, certo? Eu, pelo menos, acredito que sim. Saber envelhecer bem é uma arte e eu confesso que pretendo apurá-la. Se irei ser bem-sucedida ou não, só o tempo o dirá. Até lá, vou fazendo o que posso com as armas que tenho.

1. Comprei um roller de quartzo para o rosto.
Para quem não sabe do que se trata, é um rolo facial feito em pedra de quartzo – o meu é em quartzo rosa – que visa alisar o rosto através de uma massagem facial. Tem, entre outras funções, a propriedade de alisar e descontrair a pele do rosto, realizando uma drenagem linfática e ajudando a eliminar papos, olheiras e rugas. Uso-o duas vezes ao dia:

– de manhã, após o banho diário e depois da aplicação do sérum do rosto;
– e à noite, depois de me desmaquilhar e antes de aplicar o creme da noite.

Utilizem-no em movimentos enérgicos de dentro para fora e de preferência nas têmporas e nas laterais, “drenando” as toxinas do rosto para os canais linfáticos. Se tiverem dúvidas, vejam alguns vídeos no Youtube – há vários que exemplificam como o devem utilizar e que ensinam pequenos truques de massagem facial com o roller. Uma massagem fácil de 5 minutos, sem uma pressão muito pronunciada, pode ter resultados visíveis. Geralmente têm duas extremidades: uma com uma pedra maior – que deverá ser utilizada nas maçãs do rosto, testa, pescoço e queixo – e outra mais pequenina, que serve para os olhos. O meu só tem a pedra grande e custou-me a módica quantia de € 5  na Primark. Serve o seu propósito, mas há muitos modelos disponíveis para vários preços e bolsas, inclusive à venda online.

#ÀFlorDaPele: é possível reparar estragos de Beleza de anos a fio?
#ÀFlorDaPele: é possível reparar estragos de Beleza de anos a fio?
Ver artigo

2. Saquetas de chá.
É incrível como as saquetas de chá podem ser um aliado perfeito para o rosto. Se utilizar saquetas de chá de camomila ou de chá verde, e as colocar uns minutos antes de as utilizar no frigorífico e depois as dispor sobre os olhos, conseguirá um efeito calmante e anti-oxidante que ajuda a combater olheiras e o ar cansado – este truque é ótimo quando teve uma noite mal dormida, por exemplo. Mas se quiser ficar com uma pele super hidratada em menos de um nada e ainda conseguir um efeito “botox”, pegue em duas saquetas de chá verde, coloque-as em água quente como se fosse fazer o seu chá e deixe-as repousar durante 5 minutos. Após esse tempo, retire as saquetas, abra-as e despeje o seu interior numa taça. Junte-lhes duas colheres de café de azeite e mexa até fazer uma pasta. Em seguida, aplique sobre o rosto lavado, cubra toda a cara – com exceção da zona dos olhos – e massaje-o em movimentos circulares. Limpe com água abundante e fria. Vai ver a pele suave e hidratada com que fica. Melhor é mesmo impossível.

3. Clara de ovo.
Este truque aprendi-o com outra #RealFluencer da Miranda, a querida Izabel de Paula, e garanto-vos, dá mesmo resultado: clara de ovo aplicada sobre o rosto limpo, com a ajuda de um pincel de culinária, e deixar repousar durante cerca de meia hora. Depois é só retirar com água fria e hidratar com o vosso creme de rosto. Vão sentir a pele começar a repuxar ao ponto de vos restringir os movimentos. É sinal de que está a atuar e a fazer efeito. Se fizerem duas vezes por semana, estão a dar um ‘boost’ de colagénio puro à pele, diminuindo rídulas e contribuindo para uma pele mais lisa.

4. Muita água e alimentação equilibrada.
O que significa muitas frutas e verduras. Uma alimentação limpa e saudável é um dos pontos-chave para uma pele bonita e hidratada. E tente beber 1,5 a 2 litros de água e chá por dia. Claro que pode cometer os seus pecados de vez em quando, mas tenha consciência de que tudo o que mete no seu corpo se reflete de alguma forma.

5. Exercício físico e suplementação.
Se for como eu, e quer evitar ao máximo tudo o que sejam tratamentos invasivos no rosto e no corpo, restam-lhe estas duas hipóteses: o exercício físico e a suplementação. Com a idade, e após a entrada nos 40, a queda hormonal na mulher é uma realidade e uma boa dose diária de vitaminas nunca fez mal a ninguém. Tomo várias, entre elas colagénio, vitamina D, biotina – que ajuda a fortalecer unhas e cabelo – ou até óleo de fígado de bacalhau em cápsulas. Podem adquiri-las online ou em lojas de produtos naturais. Não fazem milagres, mas ajudam a que isto de envelhecer custe menos, nutrindo o seu corpo por dentro.

Por fim, uma atitude positiva faz milagres! E ria, ria muito! A felicidade é contagiosa, liberta endorfinas – a hormona da felicidade – e enche-nos de um brilho único. E não há maior Beleza do que essa.

Mafalda Santos fez das palavras profissão, tendo já passado pelo jornalismo, assessoria de imprensa, marketing e media relations. Acredita em quebrar tabus e na educação para a diferença, temas que aborda duas vezes por mês, na Miranda, em #ÀFlorDaPele.

Inclua este passo no seu ritual de Beleza!

Subscreva a newsletter da Miranda by SAPO.

Receba antes de toda a gente as melhores dicas de Beleza.

Ative as notificações da Miranda.

Enquanto o verniz das unhas seca…

Siga a Miranda by SAPO no instagram. Use a #SomosTodosMiranda nas suas publicações.