Longe vai o tempo em que ir ao dermatologista era um momento pesaroso, em que tudo na nossa pele era visto como um problema de saúde e que, para o resolver, tínhamos de ter esperança na eficácia de uma pomada ou de uns comprimidos.

Qualquer clínica em que éramos recebidos era um espaço frio e demasiado higiénico para nos sentirmos minimamente confortáveis. Já era difícil lidar com as razões pelas quais a nossa pele nos levava ao médico da pele e ainda tínhamos de esperar sentados numa cadeira branca, rija, de plástico.

Entretanto, o mercado evoluiu e os procedimentos não invasivos ganharam terreno. As clínicas das cirurgias plásticas recrutaram dermatologistas e médicos de estética para procedimentos não invasivos; e, por outro lado, nasceram clínicas de beleza focadas em oferecer apenas este tipo de procedimentos e a tornarem-se verdadeiras referências nessa arte.

#ÁguaPelaBarba: uma carta ao meu "eu" de há 20 anos
#ÁguaPelaBarba: uma carta ao meu "eu" de há 20 anos
Ver artigo

As máquinas que outrora eram manipuladas por esteticistas evoluíram para tecnologias bastante mais avançadas, passando a estar agora nas mãos de médicos dermatologistas, treinados para conhecerem todas as suas potencialidades e para as usarem em benefício de qualquer pele, seja para lhe curar um mal, seja apenas para lhe dar ainda mais saúde.

Assumi este ano que ir ao Dr. Bernardo Pimentel na Avenue Clinic seria mais um hábito na minha rotina de cuidados de pele. Fui lá decidido a acabar com as pequenas manchas que nasceram junto dos olhos e, não só resolvemos estas manchas em duas sessões com o laser 'pico', como este próprio laser também mostrou ser uma ferramenta útil para fechar os poros, estimular o colagénio e melhorar a tez da pele.

Tive efectivamente uma sensação de tensificação nos dias seguintes, como se me estivessem a puxar os olhos para cima e... wow! E com estes benefícios todos, como é que me lembro que afinal fui ali para combater umas manchinhas na pele?

Na próxima sessão serei apresentado ao laser 'fotona', para remover as manchas inflamatórias causadas pelo sol e por uns pequenos vasos sanguíneos. E eu confesso que nunca pensei haver um mundo onde existe uma pele sem estas manchas!…

Como suporte a estes tratamentos de laser, tive trabalho de casa: um manipulado de comprimidos à base de antioxidantes, que me vai deixar a pele mais preparada para combater as agressões do sol e para se regenerar mais depressa.

Não sei se desse lado alguém tem mais de 40 anos, mas saibam que a partir de determinada idade as marcas do sol já não se apagam da pele. Quando éramos (mais) jovens, o verão acabava, a pele caía e renovava-se. A partir de determinada idade, a pele fica preguiçosa, o sol queima-a e ela não se renova. Mesmo com o uso de protector solar, ela fica queimada e manchada, e só nos resta continuar a cuidar dela o melhor que conseguimos. Não acho que volte a ter a pele de quando tinha 15 anos, mas espero agora melhorar bastante a sua performance.

Sempre que entro na Avenue Clinic, há um sentimento de acolhimento e conforto visual. Mesmo recebendo um atendimento extremamente atencioso, como recebo sempre, uma ida a uma consulta é aquele momento solitário em que sou acompanhado pelas minhas fragilidades e inseguranças. Mas chegar lá e poder contar com o conforto de um design de interiores digno de revista torna logo toda a experiência em puro entretenimento.

#ÁguaPelaBarba: gordos e ricos – como fiquei fã de cremes hidratantes
#ÁguaPelaBarba: gordos e ricos – como fiquei fã de cremes hidratantes
Ver artigo

Quem buscava só uma solução para um problema de pele, já se sente confortável para assumir que também procura um tratamento de beleza. A possibilidade de obter resultados torna-se bastante ampla, num mundo onde os dermatologistas, que antes se limitavam apenas a combater uma maleita, agora são mestres do bio-hacking, conhecendo bem as máquinas, os métodos e os estímulos que fazem uma pele regenerar-se e rejuvenescer.

Enquanto homem, que procura mais resultados do que experiências, sinto uma maior confiança em entregar-me nas mãos de um médico, do que a usar cremes ou a fazer um facial.

Mas ainda bem que uma ida ao dermatologista passou também a ser uma experiência, num lugar onde sinto que estão verdadeiramente a cuidar de mim.

Além de secretamente estar a construir a sua própria marca de Moda (shhhh...), Bruno Reis é o responsável pelo Marketing e Comunicação de marcas de Beleza. Entre a criatividade e a estratégia, já foi actor, professor de yoga, gestor de redes sociais, fotógrafo e director de casting.

Inclua este passo no seu ritual de Beleza!

Subscreva a newsletter da Miranda by SAPO.

Seja a primeira a receber as melhores dicas de Beleza

Ative as notificações da Miranda.

Enquanto o verniz das unhas seca…

Siga a Miranda by SAPO no instagram. Use a #SomosTodosMiranda nas suas publicações.