Antes de mais, sim o seu nome é mesmo duplo queixo, ou papada, embora seja "mais elegante referir-se a esse problema como duplo queixo", começa por explicar Filipe Silva. E é precisamente dele que vamos falar, já que é uma questão que afeta tantas mulheres e homens e de que todos se querem livrar ASAP. Mas antes de tratar é também importante saber as suas causas, com a ajuda do especialista em pele.
Sabe fazer uma massagem de rosto? Nós ensinamos
Sabe fazer uma massagem de rosto? Nós ensinamos
Ver artigo

Porquê a mim?

O duplo queixo não é mais nem menos do que a acumulação de adiposidade localizada. O aparecimento deste, pode ter diversas causas, entre elas, espante-se: uma predisposição genética. É por volta dos 35 a 40 anos que se regista uma tendência a aparecer a papada, contudo, fatores como o  emagrecimento acentuado e repentino e flacidez dos tecidos estão no topo da tabela. "A genética também tem a sua cota de responsabilidade", começa por explicar Filipe Silva, "observe os seus familiares mais próximos e verifique se existe algum padrão fisionómico". Há ainda a possibilidade de atribuir as culpas a uma causa endócrina, já que "certos problemas de saúde poderão potencializar o acréscimo de peso e originar o tão interessado duplo queixo". Se a isto acrescentarmos um estilo de vida sedentário ou alimentação desajustada, está aí a fórmula perfeita para dizer adeus a um pescoço jovem e bonito. Os aparelhos eletrónicos como telemóveis ou tablets são outro dos fatores que contribui para o aumento do duplo queixo, embora não este já existisse antes do aparecimento destes gadgets.

E agora, o que faço?

Em primeiro lugar,  nada de consegue sem uma boa alimentação, exercício físico, e vida ativa, "são determinantes para reduzir o dito duplo queixo", aconselha o Skin Advisor. Mas se estiver a precisar de um empurrão extra, a ajuda de um especialista é fundamental. "Existem algumas técnicas que auxiliam à minimização do duplo queixo, consistem em tratamentos específicos com princípios ativos tonificantes e efeito lifting, que deverão ser executados em gabinete de estética e acompanhados com aplicação de cosmetologia própria no dia a dia", começa por esclarecer Filipe. "São efetivos os tratamentos com luzes LED e infravermelhos, trabalham com massagem por vibração, ultrasons, luz LED, iontoferese", serviços estes dísponíveis na Opatra London, clínica onde o especialista executa o seu conhecimento. O especialista aconselha tratamentos como o Dermineck, que proporciona um tratamento de lifting para manutenção muscular dos tecidos ou uma Intradermoterapia, que consistente na introdução de princípios ativos subcutaneamente e que no caso específico do duplo queixo irão degradar a gordura acumulada, de cocktails vitamínicos irão auxiliar à firmeza dos tecidos. Por casa pode também fazer a sua cota parte, com a ajuda de produtos específicos para a região do pescoço, como cremes, máscaras e até máscaras de tecido, tudo para dizer bye bye ao duplo queixo de uma vez por todas.

 

Seis produtos que a vão ajudar a travar a luta contra o tão temido duplo queixo.

Newsletter

O seu ritual de Beleza tem mais um passo: assine a newsletter Miranda e receba as novidades da cosmética e artigos dos nossos #RealFluencers no seu email.

Na sua rede favorita

Siga a Miranda no Instagram. Partilhe as suas fotos de Beleza com #SomosTodosMiranda