Do tratamento ao corte, são mil e uma as perguntas quando o tema é cabelo encaracolado. Mas será que tudo o que se diz são factos? A Miranda este à conversa com o hairstylist Lucas Franco, para desmistificar todos os mistérios.

Tenho de lavar o cabelo quando treino?

Mito. “Um cabelo suado é diferente de um cabelo sujo. Um cabelo suado tem sal que acaba por ressecar o cabelo, enquanto que a sujidade é resultado, por exemplo, da poluição”, afirma o hairstylist. A dica do profissional para retirar o suor é: a revitalização. Ou seja, humedecer o cabelo e friccionar bem a raiz para eliminar o suor. Pode ainda aplicar um co-wash, isto é, um condicionar próprio que deixa o cabelo limpo.

Quem tem caracóis tem de optar por um corte em camadas?

Mito. Segundo o perito em curvatura, “ter de cortar o cabelo em camadas é antiquado. Hoje em dia, não faz sentido ter determinado corte para cada rosto ou tipo de cabelo. Quando trabalhamos técnicas e usamos geometria, conseguimos trabalhar qualquer corte. A única diferença é que o corte em camadas - aumentada, diminuída, diagonal ou combinada – é mais seguro, no caso do cabelo comprido", explica Lucas Franco.

Qual o seu tipo de caracol? Um especialista explica-lhe tudo
Qual o seu tipo de caracol? Um especialista explica-lhe tudo
Ver artigo

O cabelo deve ser cortado a seco?

Depende. Para o cabeleireiro, “o tipo de cabelo onde é possível fazer divisão - usar geometria - dá mais segurança cortar molhado. A partir do tipo de caracol 3C/4A, é melhor cortar a seco e trabalhar com o posicionamento de tesoura”. A verdade é que, “tudo conta para um resultado profissional, solto e leve, mas depende de como o profissional aprendeu e se sente confortável”, afirma Lucas Franco. Se não sabe qual o seu tipo de caracol, explicamos tudo neste artigo.

Pintar estraga o cabelo?

Verdade. De acordo com o profissional, “fazer luzes, madeixas ou até a famosa balayage vai danificar o cabelo, porque retira humidade e oleosidade do fio, o que resulta num cabelo ressecado”. Portanto, o aconselhado é uma boa rotina de cuidados que passa por “fazer um tratamento de hidratação para repor a humidade e um de nutrição para repor a oleosidade”. Outra questão a ter em conta, neste caso antes do procedimento é fazer um teste de madeixa. Só assim “é possível saber até onde o cabelo irá aguentar e qual a tonalidade em que vai abrir”.

Se usar produtos para cabelo liso vou perder caracóis?

Verdade. Segundo o hairstylist, ao longo do tempo, aplicar produtos para cabelo liso em cabelo encaracolado pode fazê-lo perder a sua textura natural. O profissional explica que “estes produtos têm tecnologia, cujo objetivo é deixar o cabelo liso. Não ocorre da noite para o dia, mas com o tempo vai alterando-o e deixando-o mais liso, seco, com frizz e sem volume”.

Dormir com cabelo molhado faz mal?

Verdade. O especialista conta que “dormir com cabelo húmido causa o risco de criar fungos, bactérias e problemas no couro cabeludo como caspa, foliculite e seborreia”. É fundamental secar o cabelo depois do banho.

Sabe a rotina certa para o seu cabelo encaracolado?
Sabe a rotina certa para o seu cabelo encaracolado?
Ver artigo

Devo secar o cabelo com secador?

Depende de cada cabelo e rotina. Porém, o hairstylist avisa para ter em atenção “nunca utilizar nem na temperatura nem velocidade máxima! Secar sempre com temperatura morna para cima e velocidade média para baixa”. Lucas acrescenta ainda que “é fundamental tirar o máximo de humidade antes - no mínimo 50% - com uma toalha de cetim. Até porque, repomos a humidade no banho, logo se colocarmos o secador a temperatura alta, não só vamos tirar essa humidade, como vamos fritar o cabelo”.

É preciso uma rotina com muitos passos e produtos?

Mentira. Lucas afirma que um dos maiores erros é optar por seguir um cronograma capilar que foi desenhado para outra pessoa, já que cada fio é um fio. Portanto, é indispensável conhecer o seu tipo de cabelo, saber para que serve cada produto e em que ordem aplicar, para fazer a escolha certa na hora da compra. Para o cabeleireiro para a rotina certa quatro produtos chegam, veja aqui, adicionando que “assim percebemos que o problema pode não estar nos produtos, mas sim na forma como os aplica”.

Lavar todos os dias faz mal?

Verdade, mas a frequência é diferente para cada tipo de caracol. De acordo com o guru dos caracóis “um cabelo crespo deve ser lavado no máximo até duas vezes por semana, o cacheado três e o ondulado quatro. Se o cabelo tem mais oleosidade e mais proteção consegue ter um maior número de lavagens. Já um cabelo mais seco, quanto mais lavado mais seco fica. A finalização é a chave para conseguir vários “day after” com um aspeto incrível”.

Inclua este passo no seu ritual de Beleza!

Subscreva a newsletter da Miranda by SAPO.

Seja a primeira a receber as melhores dicas de Beleza

Ative as notificações da Miranda.

Enquanto o verniz das unhas seca…

Siga a Miranda by SAPO no instagram. Use a #SomosTodosMiranda nas suas publicações.