Há quem se ria das superstições alheias, mas pelo sim pelo não não abre um chapéu dentro de casa. Há quem passe debaixo de escadotes sem pensar duas vezes e há os que não conseguem dizer uma frase que incluam a palavra que começa com 'a', termina em 'ar' e tem um 'z' pelo meio. Não interessa muito perceber quem nos contagiou com uma superstição - até porque os mitos são mais antigos do que qualquer um de nós que esteja a ler este artigo. Interessa deixar cair por terra algumas ideias pré-concebidas que a ciência já nos provou serem infundadas, preconceitos de Beleza e todas as outras mezinhas que por mais que a nossa avó jure a pés juntos, podem fazer mais estragos pela saúde da nossa pele do que bem.

"Se maquilhares os olhos de forma carregada não podes usar um batom forte."

Regras de maquilhagem? Juntamo-las todas e criamos um look com todas elas. Não sabemos muito bem quando surgiu esta ideia de que um rosto não pode ter mais do que um elemento em destaque, mas, convenhamos, quem ainda se deixa reger por ela? A maquilhagem é uma expressão pessoal de criatividade e personalidade e a menos que algo esteja aplicado de forma errada (como uma base com um tom três acima do seu) é livre de fazer as suas próprias escolhas.

"Se arrancares um cabelo branco nascem sete."

O cenário é o seguinte: descobrimos um cabelo branco, estendemos a mão para arrancá-lo e lá ao fundo ouve-se uma voz que grita um "nãooooo" como se fossemos cometer a maior loucura das nossas vidas. Quem nunca tenha passado por uma situação semelhante ponha o braço no ar. Ninguém? Bem nos parecia. A verdade é que não só não nascem mais cabelos brancos, como pode não nascer mais nenhum. No livro It’s OK to Have Lead in Your Lipstick, o bioquímico Randy Schueller explica que, estando o folículo ainda vivo, o que acontece é que iremos produzir outro cabelo para substituir o arrancado (e o mais provável é ser branco).  Schueller também afirma que arrancar constantemente cabelos brancos pode danificar os folículos ao ponto deles não produzirem mais fios de cabelo. Mais vale a emenda que o soneto, isto é, um cabelo branco do que nenhum, não é mesmo?

"O cabelo cresce mais rápido se cortarmos as pontas constantemente."

A verdade nua e crua? A raiz do cabelo é a verdadeira responsável pelo seu crescimento e não é estimulada pelo corte. Claro que deve cortar o cabelo para o manter saudável (e ajuda para criar um aspecto visual mais denso), mas por muito que o diga cortá-lo mais vezes não o vai fazer crescer mais rápido.

"O segredo do meu brilho? Escovo o cabelo 100 vezes por dia."

Ponto 1. ninguém tem tempo para isto. Ponto 2. isto sempre nos pareceu demasiado rebuscado para ser real. Pentear o cabelo constantemente estimula a circulação do couro cabeludo e a produção de sebo - o que significa que o óleo produzido naturalmente se espalha pelos fios. É só por isso que fica mais brilhante.

"Pasta de dentes é o melhor tratamento para as borbulhas."

Se o produto se chama 'pasta de dentes' parece-nos bastante óbvio que seja utilizado... nos dentes. Só que há quem tenha sido levado a pensar que a substância triclosan presente nas pastas dentífricas podia ter um efeito secante nas borbulhas com a sua ação anti-bacteriana. Bom, para além de esta susbtância não estar num produto devidamente feito a pensar no rosto, a verdade é que não é só isso que as pastas contêm: fluor e mentol são ingredientes comummente utilizados na sua composição e que podem irritar a pele e piorar as borbulhas. Vá mas é a um dermatologista.

"A pele habitua-se aos cremes e deixam de fazer efeito."

Não são os cremes que deixam de fazer efeito: é a nossa pele que muda as suas necessidades. Um caso típico de 'não és tu, sou eu'. A pele é um órgão vivo e temos de estar atentas aos seus sinais para adaptar a nossa rotina a ela (e não o contrário). Além disso, existem inúmeros cuidados com ações imediatas e resultados rápidos que, passando algum tempo, e por habituação, deixamos de notar. 

 
10 beauty hacks que vão mudar a sua vida
10 beauty hacks que vão mudar a sua vida
Ver artigo

"Temos de lavar o rosto várias vezes ao dia para acabar com a oleosidade."

Nananinanão. Quando retiramos o sebo do rosto durante a lavagem, o organismo entende-o como uma necessidade de aumentar a produção do mesmo. Logo - adivinhou! - ainda mais oleosidade. O mais recomendado é lavar o rosto duas vezes ao dia, com produtos que não agridam a sua pele e que a deixem confortável e hidratada.

"A pele negra não precisa usar protecção solar."

Um dos maiores mitos apregoados há décadas. Se todas as peles correm o risco de desenvolver cancro de pele, então sim, as peles negras precisam de protetor solar. Embora a pele negra contenha maiores quantidades de melanina do uma de um fotótipo mais claro, não está livre dos perigos do sol nem do risco de pigmentação.

"Fazer a depilação com lâmina torna os pelos mais grossos."

Não precisam tratar as lâminas como persona non grata. É tudo ilusão de óptica. Parece-nos que os pelos crescem mais grossos depois do uso da lâmina porque, ao cortarmos, desaparece a parte mais fina. A base é mais espessa, e por isso, quando começam a crescer, os pelos parecem-nos mais grossos. Além disso, como a lâmina corta o pelo na superfície e não pela raiz, faz com que o pelo reapareça mais cedo.

Inclua este passo no seu ritual de Beleza!

Subscreva a newsletter da Miranda by SAPO.

Receba antes de toda a gente as melhores dicas de Beleza.

Ative as notificações da Miranda.

Enquanto o verniz das unhas seca…

Siga a Miranda by SAPO no instagram. Use a #SomosTodosMiranda nas suas publicações.