Estou a (pouco mais de) dois meses de entrar nos 30 anos. E embora a minha pele não o denuncie (sem qualquer pretensão!), eu sinto que está na altura de começar a ter cuidados a sério e a olhar com mais atenção para as minhas rotinas de beleza. Não que eu seja totalmente descuidada no que toca aos cuidados de pele – porque não sou. Mas sinto que existem pequenas diferenças e detalhes que fazem muito pela saúde do nosso rosto.

Se pudesse sentar-me e falar com a Mafalda de há dez anos, tinha muito que contar-lhe – e pedir

Se hoje em dia já tenho os cuidados de beleza como parte da minha rotina diária, há uma década acho que contava pelos dedos de uma mão a quantidade de hábitos adoptados.
Dir-lhe-ia que a água é mais importante do que ela pensa. Sim, os 2 litros de água diários ajudam a que consigas tratar melhor do teu corpo e ajudam a trabalhar nessas dietas malucas que constantemente fazes. Mas não sabes ainda que a saúde da tua pele também vive muito da água que bebes, Mafalda de 20 anos. O quão hidratada ela estará, o brilho que irá ter e até a textura que vais sentir na pele serão resultado da água que irás beber.
Pedia-lhe que tivesse uma mão mais leve no blush. A quantidade de fotografias em que pareço um palhaço teriam sido altamente reduzidas e a quantidade de produto gasto também.
Pedia-lhe também que não comprasse qualquer tom de base e que tivesse um aconselhamento com alguém que sabe do assunto – iria evitar comprar bases com fundo amarelo que, hoje em dia, já sei que não me assentam como é suposto assentarem.
Evitava que ela apanhasse tantos escaldões... ia dizer-lhe que não há problema em ter uma pele pálida ou em ser a mais clarinha do grupo de amigos. Que, eventualmente, essa pele clarinha iria revelar-se numa pele saudável, com um aspecto mais conservado e, honestamente, mais jovem. E ia pedir-lhe que começasse a usar protector solar no dia-a-dia e não só quando vai à praia — e que, mesmo na praia, o aplicasse com muito mais regularidade.

#BemMeQuer: Glossier Play, quem és tu e por que é que eu te quero conhecer?
#BemMeQuer: Glossier Play, quem és tu e por que é que eu te quero conhecer?
Ver artigo

Ia dar-lhe uma palmadinha nas costas e agradecer por ter criado o melhor hábito que trago – até hoje – e partilho com toda gente: nunca ir para a cama sem limpar a pele. Por muito cansada que esteja, por muito tarde que seja ou até por muito boa que tenha sido a festa (and hey, we’ve all been there), a Mafalda dos vintes habituou-se a desmaquilhar o rosto mal chega a casa. E confesso que, hoje em dia, é uma das minhas rotinas favoritas e mais relaxantes, até. Dir-lhe-ia muito mais, mas agradecia-lhe por não ter fumado, por ter sempre hidratado a pele e por nunca ter tirado demasiados pelos das sobrancelhas!
Obrigava-a a fazer mais ginásio e a começar a fazer depilação a laser o quanto antes – e talvez ainda inclua tudo isto nos trintas. Afinal, quero ter a certeza que a Mafalda dos 40’s vai ter orgulho desta nova década em que irei entrar... Trintas, estou pronta!

Mafalda Beirão é a autora inspirada das histórias do blogue Malmequer, como ela refere, "a extensão de tudo aquilo que eu sou e que eu mais gosto". Formada em Psicologia, encontrou na comunicação o seu drive.

Inclua este passo no seu ritual de Beleza!

Subscreva a newsletter da Miranda by SAPO.

Seja a primeira a receber as melhores dicas de Beleza

Ative as notificações da Miranda.

Enquanto o verniz das unhas seca…

Siga a Miranda by SAPO no instagram. Use a #SomosTodosMiranda nas suas publicações.