Fisiologicamente com o processo de envelhecimento, existe um declínio ou desequilíbrio hormonal que geralmente ocorre a partir dos 35 anos mas, dependente de outros factores, pode acontecer em qualquer idade, quer em homens quer em mulheres.

Embora a perda de desejo sexual seja um um sintoma da diminuição das nossas hormonas, esta não é uma consequência inevitável! Mais de 70% das mulheres com baixa libido têm um desequilíbrio hormonal que muitas vezes pode ser corrigido.

As três principais hormonas que têm o maior efeito sobre a libido são: a testosterona, a progesterona e os estrogénios. As tuas hormonas precisam estar em equilíbrio. Vão permitir sentires-te no teu melhor, com sensações prazerosas e relações saudáveis, quer contigo própria quer com os outros ao teu redor.

O primeiro passo neste caminho é saber o que causou a sua diminuição ou desequilíbrio. Testes hormonais podem ser feitos, e a Medicina Anti-Aging permite facilmente fazer os vários ajustes necessários.

Existem muitas causas potenciais para as mudanças na tua libido, e os desequilíbrios hormonais são a maioria das vezes os prováveis culpados. Pensa na tua saúde como uma orquestra, onde as tuas hormonas actuam como instrumentos diferentes. Se uma parte da orquestra não estiver a funcionar correctamente, não vais conseguir tocar uma melodia harmoniosa.

Envelhecimento e saúde sexual para #elas

Múltiplos factores podem interferir nos níveis hormonais da mulher. A aproximação da menopausa, o pós-parto, desequilíbrios da tiróide, o excesso de peso, quadros clínicos como o Síndrome do ovário poliquístico, a depressão. Os níveis hormonais podem diminuir, o que pode levar à secura vaginal e a uma dificuldade na excitação sexual.

Ainda, a não esquecer as mudanças emocionais! Sentimentos de stress, falta de auto-estima ou ansiedade podem mudar o teu interesse pelo sexo. Mesmo a gravidez, pelas mudanças naturais que ocorrem na forma e peso do teu corpo, podem fazer com que te sintas menos desejável sexualmente.

Envelhecimento e saúde sexual para #eles

Fisiologicamente, a testosterona desempenha um dos papéis fundamentais na experiência da sexualidade masculina. Homens mais velhos tendem a ter níveis mais baixos de testosterona do que os homens mais jovens, já que os seus níveis diminuem gradualmente ao longo da idade adulta - cerca de 1% a cada ano após os 30 anos, em média.

À medida que o homem envelhece, pode levar mais tempo para atingir a excitação e ter experiências menos prazerosas na erecção e orgasmo. A disfunção eréctil também se torna mais comum. São vários os medicamentos disponíveis, mas o re-equilíbrio hormonal deverá ser o primeiro passo para otimizar a qualidade da atividade sexual.

Os 2 Super Suplementos para Elas e Eles

Sempre que abordo o assunto libido, reforço a importância de conheceres o teu corpo e como certas características emocionais e psicológicas têm um impacto directo no teu desejo sexual e na própria dinâmica do casal. Com qualquer suplementação é fundamental perceber se estás a ouvir o teu corpo. Algumas pessoas respondem a certos suplementos mais do que outras. Cada pessoa é diferente, mas há soluções para potenciares a tua sexualidade. Vejamos:

  • #Tribulus terrestris É uma planta que tem sido usada pela variedade de muitos benefícios, desde os tempos ancestrais. É popular entre os suplementos por estar associada a promover os níveis de testosterona. Apesar de ainda serem necessários estudos que comprovem se este suplemento aumenta a testosterona, são vários aqueles que comprovam que sim, pode aumentar a libido - pesquisadores descobriram que o consumo de 750 a 1.500 mg de tribulus terrestris diariamente, por dois meses, em homens com redução do desejo sexual, aumenta o seu desejo em 79%. Além disso, 67% das mulheres com uma libido muito baixa experimentaram aumento do desejo sexual depois de tomar suplementos de 500-1,500 mg, por 90 dias. Outros estudos também relataram que suplementos contendo a erva aumentaram o desejo sexual, a excitação e a satisfação em mulheres com baixa libido.
  • #Maca Ou ginseng peruano, é um vegetal de raiz da América do Sul. Várias são as formulações disponíveis desde pó (que podes adicionar a um batido) ou cápsulas. Para quem toma anti-depressivos que interferem no desejo sexual, a maca pode ajudar. Cerca de 500 miligramas (três vezes ao dia), será a dose ideal para aumentar o desejo sexual em homens e mulheres, particularmente se a baixa libido for induzida por fármacos, como e, justamente, o caso de anti-depressivos. Fundamental é não esqueceres que, apesar de serem suplementos, deves sempre avaliar com o teu médico se existe alguma interacção com alguns medicamentos que estejas a tomar.
  • #Ashwagandha Também conhecido como ginseng indiano, é um afrodisíaco commumente usado. Tem vários benefícios, estando associado à redução de quadros inflamatórios e stress, acalmando o sistema nervoso e equilibrando o sistema imunológico. Alguns estudos demonstram ser vantajoso no aumento da qualidade do esperma em homens e no potenciar da fertilidade e saúde sexual em mulheres.
  • #Terapia de Modulação Hormonal Bioidêntica Resgata a tua libido. O re-equilíbrio hormonal através das hormonas bioidênticas pode ser uma das soluções para o teu desejo sexual diminuído. Deve ser adequado de acordo com a idade, antecedentes médicos e ser ajustado de forma individualizada por um médico com conhecimentos em modulação hormonal. A saber: Hormonas bioidênticas e hormonas sintéticas têm uma estrutura tridimensional diferente e têm, da mesma forma, um impacto diferente na tua saúde e bem-estar. Eu recomendo hormonas bioidênticas pois, embora sejam criados fora do teu corpo e manipuladas em laboratório, têm a mesma estrutura molecular que os recetores do teu corpo. E isso faz toda a diferença, permitindo um re-equilíbrio fisiológico. Os níveis adequados de testosterona e estrogénios ajudam a restaurar a libido masculina e feminina, além de promover intimidade e uma sensação geral de bem-estar.

Quando reequilibras os teus níveis hormonais, quer através de mudanças de estilos de vida, suplementação ou modulação hormonal, são estas mudanças que te vão permitir desfrutar de uma vida sexual feliz. Chega de tabus e toma consciência da importância que a sexualidade tem no teu bem-estar e em relações mais saudáveis e felizes. Vamos encontrar as soluções?

Andreia de Almeida é médica especializada em anti-aging e membro da World Society of Anti-Aging Medicine (WOSAAM) e da American Academy of Anti Aging Medicine (A4M)

Na sua rede favorita

Siga a Miranda no Instagram. Partilhe as suas fotos de Beleza com #SomosTodosMiranda