Quando pensas em felicidade, quais as primeiras emoções que sentes? Mas, afinal, a felicidade é um processo emocional, mental ou físico? Muitos têm sido os estudos que tentam explicar o processo de felicidade e sendo um conceito tão abstracto e multi-factorial, torna-se difícil perceber por onde começar.

A felicidade é um processo hormonal e bioquímico, estando envolvidos várias hormonas e neuro-transmissores. Daí que muitas vezes se a tua saúde e estilos de vida não estão equilibrados,  a percepção de felicidade vai mudando ao longo da idade.
Nunca te perguntas por que já não sentes a mesma euforia e motivação com determinadas situações? A resposta está aqui. Se o teu meio interno está em desequilíbrio, as emoções podem ficar camufladas. São vários os neuro-transmissores envolvidos na felicidade: serotonina, oxitocina, GABA, adrenalina, dopamina, entre outros.
Enquanto médica anti-aging, foco-me no equilíbrio desses neuro-transmissores. Ensino os meus pacientes a fazerem as escolhas certas no que toca ao estilo de vida, e desenho planos terapêuticos de suplementação avançada e ortomolecular, que promovem o equilíbrio de cada um desses neuroquímicos, potenciando a felicidade. Mas corpo e mente estão ligados.

#DoutoraFeliz: burnout aos 20. E agora?
#DoutoraFeliz: burnout aos 20. E agora?
Ver artigo

Os 10 segredos para uma vida feliz

O caminho de cada um para a felicidade é diferente. Com base nas pesquisas mais recentes, podem ser identificados 10 segredos para uma vida mais feliz.

  • Dar – Cuidarmos e preocuparmo-nos com os outros é fundamental para a nossa felicidade, criando ligações mais fortes connosco e com uma sociedade mais feliz.
  • Conectar – As relações são um dos pilares da felicidade. Relações saudáveis e próximas com a família, amigos e relações sociais, promovem a longevidade e maiores níveis de saúde.
  • Actividade física – Manteres-te activo melhora o teu humor e pode curar-te de sentimentos de depressão e ansiedade. Pequenas mudanças podem tornar-te mais activo e feliz.
  • Consciência – Às vezes é preciso parar e sintonizarmo-nos com o que realmente é importante na vida. Toma consciência dos teus sentimentos, deixa para trás as angústias do passado e as preocupações do futuro. Vive o presente mindfully.
  • Tentar – Desafia-te a aprender novas coisas, de formas que te desafiem a sair da tua zona de conforto. Expõe-te a novas ideias, mantém-te curioso. Pequenas aprendizagens vão aumentar a tua auto-estima e resiliência.
  • Objectivos – Define um plano que te motive. Um caminho realista e paciente, mas que pode dar uma nova direcção à tua vida, é o primeiro passo para viver a felicidade.
  • Resiliência – Todos nós temos momentos de stress, angústia, dúvida, ansiedade. Usa essas emoções para mostrares que te podes superar e crescer, vendo-as como um desafio novo.
  • Emoções – Apesar de termos de ser realistas com os momentos de altos e baixos, as emoções positivas como a alegria, a gratidão, a inspiração e o orgulho, devem ser praticadas diariamente, mesmo nas pequenas coisas.
  • Aceitação – Estamos em permanente comparação com os outros. Ninguém é perfeito e todos têm os seus fantasmas. Sê mais gentil contigo. Quando te aceitas, vais aceitar melhor os outros e todos vamos ser mais felizes.
  • Propósito – Todos somos diferentes, mas queremos fazer parte de algo maior. O que podes dar ao mundo? O que te distingue e te torna especial?
Os nossos vizinhos do Reino Unido criaram uma organização, a Action for Happiness, que ajuda as pessoas a agirem por um mundo mais feliz e decidiram criar um novo programa, “Do Happiness”, que incentiva três acções positivas

1. Sê gentil contigo mesmo e com os outros. Vê os teus erros como oportunidades para aprender. Observa as coisas que fazes BEM, por pequenas que te pareçam;
2. Pede a um amigo ou colega de confiança que te diga quais os teus pontos fortes ou o que valoriza em ti;
3. Passa algum tempo sozinho. Sintoniza-te contigo próprio e avalia como realmente te estás a sentir por dentro. Por que não participares em pequenas acções no teu dia-a-dia, e promoveres nos outros o que mais procuras para ti? Afinal, qual é para TI o verdadeiro significado de seres Feliz? Sente-te por dentro e tenta ficar em paz com quem realmente és.

VALORIZA-TE. AMA-TE. RESPEITA-TE.

Andreia de Almeida é médica especializada em anti-aging e membro da World Society of Anti-Aging Medicine (WOSAAM) e American Academy of Anti Aging Medicine (A4M)

Inclua este passo no seu ritual de Beleza!

Subscreva a newsletter da Miranda by SAPO.

Seja a primeira a receber as melhores dicas de Beleza

Ative as notificações da Miranda.

Enquanto o verniz das unhas seca…

Siga a Miranda by SAPO no instagram. Use a #SomosTodosMiranda nas suas publicações.