Carina quase se atropela nas palavras, não poupa sorrisos, asneiras (é uma mulher do Norte, afinal) e perguntas. Fala com o entusiasmo de quem vibra verdadeiramente com o mundo da Beleza (podemos julgá-la?).

"Descobri este mega truque de beleza em Cannes. Se tu puseres laca nas pernas não se nota a celulite, sabias? Mas olha que funciona mesmo! É surreal", diz, com os olhos arregalados e uma enorme sede por conhecimento. Digo-lhe que vi uma foto dela em Cannes, no Instagram. "Estava cheia de laca", jura.

Carina Caldeira, a apresentadora do Glitter Show que partilha mil e uma dicas de beleza com os seus 46 mil seguidores, também faz perguntas, tira dúvidas, coloca questões, sempre num tom descontraído, mas interessado, e com a certeza de que, na Beleza, estamos sempre a aprender.

Desta vez, foi a nossa vez de lhe fazer todas as perguntas que sempre quisemos, para mais um #SaídosdoArmário.

Lembras-te do teu primeiro contacto com a Beleza?

Quando tinha 14 ou 15 anos a minha mãe deu-me a primeira linha da Clinique, os três passos. Foi o meu primeiro contacto com a beleza. Lembro-me que era o sabonete amarelo, o tónico roxo e um creme, também amarelo. A minha mãe sempre se cuidou e cuida. E eu adorava aquele ritual, de lavar a cara com o sabonete, e depois o tónico, achava super giro. A partir daí comecei sempre a cuidar de mim.

E quando é que começaste a usar maquilhagem?

Não me lembro, mas acho que foi quando comecei a trabalhar em televisão, no Porto Canal. Tinha para aí 21 anos e começaram-me a maquilhar. É aquela coisa, as pessoas começam a testar coisas em ti e ficas com o bichinho de comprar para tentares imitar e fazer em casa.

Saídos do Armário: os favoritos de Beleza de Carina Caldeira
Um dos perfumes favoritos da apresentadora, o Black Orchid, da Tom Ford.

Alguma vez tiveste algum problema de pele?

Não, estou a ter agora! Tinha a pele ótima, mas só a partir dos 30 anos é que deixei de apanhar sol na cara. Hoje em dia não apanho, pareço uma tolinha, ando quase de burca!

O que é despoletou essa mudança?

Comecei a ouvir falar do envelhecimento [da pele]. Era ridícula, cometia atrocidades quando era nova, era aquele género que punha óleo na cara para ficar morena. Essas coisas depois pagam-se e eu estou a pagá-las.

Saídos do Armário: os favoritos de Beleza da Kelly Bailey
Saídos do Armário: os favoritos de Beleza da Kelly Bailey
Ver artigo

Sentes isso?

Sim, estou a sentir agora que, sem maquilhagem, tenho muitas manchas. E agora estou num processo de perceber como é que posso inverter um bocadinho, não sei se não vou fazer um laser. Tento ter muito mais cuidado, não apanhar sol...

Já encontraste algum produto que sintas que está a fazer diferença?

Sim, o Photoreverse, da Esthederm, que uso agora no Verão. Sinto muita diferença quando uso continuamente. Mas lá está, é tratar da pele. Mas o ponto número um para não apanhar manchas é mesmo não apanhar sol. Hoje só vou à água de boné, por exemplo. Além de que acho muito importante exfoliar. Para mim o da Kate Somerville é o melhor exfoliante da vida. É top. Colocas na pele e parece que fica efervescente. É muito bom. Compro sempre em viagem.

Saídos do Armário: os favoritos de Beleza de Carina Caldeira
Alguns dos produtos de rosto da sua rotina.

Como é que é a tua rotina de manhã?

Tenho uma rotina muito grande de manhã e à noite. O Chico diz que o meu processo para ir para a cama é surreal (risos). Mas eu acho que é relaxante, sabes? Adoro cuidar de mim. Hoje tinha de estar aqui às 11h, mas às 8h30 comecei a arranjar-me. Demoro imenso e, mesmo quando estou a gravar, prefiro acordar mais cedo e ter tempo.

Não é um sacrífico, desfrutas do momento.

Sim, eu aproveito o momento mesmo. Ponho música, tenho sempre uma coluna na casa de banho. É o meu ritual de beleza e é assim que começo o dia. Quando não tenho tempo acho sempre que as coisas ficam diferentes. É a minha cena.

Quais são os passos que fazes de manhã?

De manhã lavo logo bem a cara. Uso o Cleanance Gel, da Avène. É o único produto que nunca troco na vida. Tenho um no banho e outro no lavatório. Depois uso o tónico da Pixi e vou ao frigorífico buscar os meus jade rollers. O mais pequeno uso para os papos debaixo dos olhos, e o outra maior para o resto do rosto. Acordo tipo Garfield, cheia de papos, e gosto muito de um creme que estou a usar da Galénic, que tem um aplicador metálico. Mas depois ainda uso por cima o jade roller gelado. Desincho para metade, juro. É mesmo um segredo incrível. Depois uso o meu protetor solar de sempre, o da Avène.

E hidratação?

Uso sempre sérum e creme de linhas que vou experimentando. No mês passado estive a usar uma da Nuxe, agora estou a usar a Excellage da Esthederm. Estou a gostar muito. E uso muito ampolas também. Uso sempre uma ampola da Martiderm, a Photo-Age, de manhã e à noite. Adoro ampolas. Ampola é vida para mim.

Saídos do Armário: os favoritos de Beleza de Carina Caldeira
O jade roller, que mantém sempre no frigorífico. E dois cremes de olhos que não dispensa.

Que cuidados tens à noite?

Basicamente tudo igual, mas, uma vez por semana, em vez de pôr todos estes cremes, uso o óleo da Mádara. Ou um da Youth to the People, esse é o meu preferido. Uso uma a duas vezes por semana, sem mais nada, e passo o jade roller.

E para te desmaquilhares?

Uso sempre a Clarisonic. Mesmo que não seja à noite. Gosto muito de chegar a casa e de me desmaquilhar. Sou aquela pessoa que anda sempre montada, mas que gosta de chegar a casa, pôr um fato de treino e ter a cara livre e limpa. Se eu souber que não vou sair mais de casa, é a primeira coisa que faço quando chego. Uso o gel da Avène com a Clarisonic, depois passo a água micelar da Bioderma, deixo secar e depois uso o tónico da Pixi.

"Sou aquela pessoa que anda sempre montada, mas que gosta de chegar a casa, pôr um fato de treino e ter a cara livre e limpa."

Durante o dia aplicas algum produto?

Sim, para dar aquele retouch ando sempre com brumas, gosto muito das da Esthederm. A minha preferida é a City Protect, é top.

Quem te segue no Instagram já sabe que também és adepta de máscaras.

Sim, ao domingo faço sempre mask day. Tento convencer o Chico, mas ele não faz (risos). Estou a gostar muito desta da Talika. Ficas mesmo dourada, ela é linda.

Saídos do Armário: os favoritos de Beleza de Carina Caldeira
Carina não é fiel a produtos de maquilhagem, vai testando e experimentando. Mas a beauty blender é um item básico obrigatório.

Na tua profissão és maquilhada muitas vezes, mas se fores tu a maquilhar-te o que é que nunca falta?

A beauty blender. Acho que já não consigo fazer uma pele sem a beauty blender. Escolho uma base consoante a ocasião do dia, se quero mais ou menos cobertura... Uso um primer, sempre! Agora descobri também um truque com a maquilhadora Inês Aguiar que é pôr umas gotinhas daquele óleo de abelha da Guerlain com a base. Isto é, misturo com a base e realmente a pele fica com aquele aspecto mais glossy. Depois se quiser uma coisa mais simples uso só uma sombra, depende. Tenho extensões de pestanas, por isso nem sequer uso máscara. Eu sei que há pessoas que não gostam, mas eu gosto e as minhas estão bem feitas.

É menos uma preocupação.

Sim, com a máscara de pestanas borratava-me toda, era um filme! Hoje lavo-as só, e limpo-as com a água micelar da Bioderma.

Maquilhas-te todos os dias?

Todos. Depende há dias em que faço uma grande makeup só para ir ao supermercado e depois penso what the f*ck?! (risos) E há dias em que estou com mais pressa, como hoje e faço uma coisa mais básica. Só não me maquilho para ir para a praia, mas mesmo assim ponho protector com cor.

Saídos do Armário: os favoritos de Beleza de Carina Caldeira
Entre os produtos de limpeza de pele está uma Clarisonic que trouxe dos Estados Unidos.

Como é que tratas do teu cabelo?

Quem trata do meu cabelo é a Joana Oliveira do Hairfusion. É ela que me faz a cor. Agora está me a obrigar a ir lá mais vezes para fazer um tratamento que é o Olaplex e já estou a sentir resultados. Mas vou mudando gamas e experimentando. Agora estou focada em manter o meu loiro, estou a usar um champô roxo para o loiro não ficar amarelado e noto muita diferença.

Qual é que é a tua história capilar? Porque o público tem uma imagem tua sempre de cabelo bem loiro.

Quando era miúda era loirinha, aliás, os meus pêlos são loiros. Mas depois quando vais crescendo o teu cabelo fica mais escuro e a tua base fica mais escura. Antes assumia mais o castanho claro e fazia umas nuances, mas, de repente, não sei o que é que me deu, na altura foi com o Paulo Vieira, que era o meu cabeleireiro cá em Lisboa, e começámos a fazer este loiro Marilyn Monroe e há três anos para cá virei uma Marilyn Monroe. Agora estou num processo em que vou tentar assumir mais a minha raíz.

A sério?

A sério. Dá muito trabalho. É muito giro estar Marilyn Monroe, mas além de estragar tens de estar todos os meses no cabeleireiro. E eu não tenho tempo. Por isso agora estou a tentar assumir mais a raíz. Ainda estou nesse processo... Mas não vou deixar de ser loira.

Saídos do Armário: os favoritos de Beleza de Carina Caldeira
A apresentadora é fã de batons. O seu preferido de sempre é o Gloss Bomb, da Fenty (ao fundo, à direita).

És uma beauty junkie assumida. Qual é aquele produto que, para ti, faz magia?

A beauty blender.

Por causa do acabamento?

Sim. Nunca soube fazer uma pele bonita e a pele é tudo na maquilhagem. Com a beauty blender em cinco minutos faço uma pele impecável.

Não és #team pincéis?

Depende. Estou a adorar a linha de pincéis da Inês Franco. Eu que era uma esquizofrénica para fazer eyeliner, que ficava um para cima e outro para baixo, com aquele fica logo direito. Mas para a pele uso sempre beauty blender.

Saídos do Armário: os favoritos de Beleza de Carina Caldeira
Os seus perfumes favoritos.

Falando agora de fragrâncias. Usas sempre o mesmo ou vais variando?

Antes, quando era mais nova, usava sempre o mesmo.

Qual era?

O Flowerbomb da Viktor & Rolf. Foi o que eu usei mais tempo, mas depois enjoei. E comecei a aprender com o Chico, o meu marido, ele educou-me muito nos cheiros. Eu era muito mais floral e hoje em dia não gosto nada de perfumes florais. Olha como a tua vida muda e o teu olfato também muda.

"A tua vida muda e o teu olfato também muda."

Hoje em dia gostas de que tipo de perfumes?

Amadeirados. Ele gosta e eu aprendi a gostar. Hoje em dia quando vou escolher um perfume tenho uma tendência gigante para os amadeirados. O Black Orchid, da Tom Ford, para mim é o meu perfume favorito de Inverno. É um perfume que tu sentes. E adoro o Patchouli, também, é um clássico. Agora no Verão uso uma colónia masculina da Dior. É de homem, mas é maravilhosa.

Saídos do Armário: os favoritos de Beleza de Carina Caldeira
Os produtos de corpo. O coco cabana, da Sol de Janeiro, vence-a pelo cheiro.

Onde é que tiveste a melhor massagem da tua vida?

A melhor massagem que tenho é com a Klecia, com o método Renata França. Quando posso e ela pode faço e realmente a massagem é incrível, ficas metade! Depois é preciso ter cuidado com o que comes, o que eu não tenho, mas isso é outra história (risos). Mas se eu fizesse isso tudo ainda ia sentir mais. Faço imensa retenção de líquidos e sinto que resulta muito. E agora também estou a fazer Velashape e aquilo é um milagre. Sinto muita diferença na elasticidade da pele.

Que produtos de corpo andas a usar?

Tomo banho e a seguir tenho de pôr mil cremes. Agora estou a usar Elancyl e depois, dependendo para onde vou, estou a usar um óleo da Galénic com glitter, que pões no corpo e tens partículas brilhantes. Mas adoro também o Huile Prodigieuse, da Nuxe. Quando estou a gravar ponho sempre nas pernas. Para a hidratação básica gosto muito do Coco cabana da Sol de Janeiro. Adoro o cheiro.

És muito activa no Instagram e partilhas muito sobre produtos de Beleza, fazes unboxings. Achas que o te distingue é o facto de teres tanto entusiasmo por este universo?

Acho que em tudo na vida o que distingue as pessoas é a verdade, e eu não repito um story que faço. É o que estou a sentir no momento, como estar aqui a falar contigo. E se não conheço digo que não conheço e que vou experimentar. Acho que esta coisa dos unboxings é muito giro, mas quando tu comunicas beleza tens de ser verdadeira sobre o que tu gostas. Não é só fazer os unboxings, é usar os produtos e dar feedback.

Saídos do Armário: os favoritos de Beleza da sea3pO
Saídos do Armário: os favoritos de Beleza da sea3pO
Ver artigo

Também não escondes que aplicas botox. Porque é que é importante para ti esta partilha e porque é que decidiste partilhar?

Decidi partilhar porque há um mito enorme e eu própria sinto esse mito. Existe muito essa coisa do "ah ela é gira, mas está mexida". Eu acho que, a partir dos 30 anos, se queres continuar a ter uma aparência jovem tens de começar a fazer intervenções um bocadinho maiores, no universo do anti-ageing.

Portanto acreditas na ideia de cirurgia preventiva.

Sem dúvida. Eu acho que o botox é um exemplo disso. As rugas quando são tratadas depois não ficam profundas, não se notam tanto. Isso está explicado cientificamente. (...) É muito importante o botox para prevenir. E eu queria desmistificar um bocadinho porque acho que as pessoas da minha idade, há muitas pessoas que já querem começar a fazer porque têm uma ruga aqui e outra acolá, mas depois têm medo, porque acham que é perigoso, ou que não funciona. E eu quando mostro é nesse sentido: de que podemos cuidar de nós, que isto existe, e que o anti-ageing pode ser usado.

Nunca te sentiste inibida de fazer essa partilha, de esconder que o fazias.

Não. Eu acho que isso faz parte.

Quem é que é, para ti, um ícone de Beleza?

A Sienna Miller. Acho-a linda.

E há alguém que te inspire nos cuidados de rosto?

Sigo muito o Top Shelf [uma rubrica do site de beleza Into the Gloss]. Gosto muito de ver o que é que as americanas estão a usar, e técnicas diferentes. Perco muito tempo a ler os artigos grandes. É onde eu vejo mais coisas.

Fotografias: Silvia Martinez
A #MirandaAgradece ao Nomad 64. a realização desta produção.

Na sua rede favorita

Siga a Miranda no Instagram. Partilhe as suas fotos de Beleza com #SomosTodosMiranda