Quando surgiu a oportunidade de fazer uma aula de yoga ou meditação online nem pensei duas vezes. Em primeiro lugar porque era algo que já queria experimentar há algum tempo, mas uma coisa é o que a nossa mente deseja, outra é ao que o corpo obedece. Em segundo, confesso que o facto de ser online contribuiu ainda mais para o meu sim, a sensação de conforto e segurança de estarmos em nossa casa e só sermos vistos e ouvidos através de uma videochamada é mais um ponto a favor para os mais preguiçosos ou os mais envergonhados (talvez junte 80% e 20% destas condições, respetivamente).

#DoutoraFeliz: meditação, como começar esta viagem
#DoutoraFeliz: meditação, como começar esta viagem
Ver artigo

Ao início não estava ainda certa do que queria fazer. Na Gaya Immersions vai encontrar uma variedade enorme de aulas que vão de vários graus de yoga, a aulas de meditação ou respiração, ou ainda aulas de culinária. Por muito entusiasmada que estivesse com o yoga, percebi que talvez não fosse o melhor caminho, tendo em conta a minha fraca condição física, resultado da falta de exercício (eu sei, shame on me). Sou assim aconselhada pela Sara Montes, instrutora de yoga e responsável pelo projeto Gaya Immersions, a fazer a aula de Stress Relief guiada pela mesma. Em plena pandemia, nada faria mais sentido e mergulhei de cabeça.

Meditação não é evitar os pensamentos, é saber controlá-los

Entre o final do ano de 2018 e 2019 tive grandes crises de ansiedade. Nunca em 24 anos tinha sentido algo semelhante, aliás a minha personalidade explosiva e impulsiva fazia-me precisamente não pensar demasiado em determinadas situações. Dei por mim a ter vários episódios de ataques de ansiedade e pânico à mistura, a ir parar ao hospital porque achava que ia morrer, muitas noites sem dormir e muitos medos (agora) irracionais, até que percebi que não conseguia resolver aquilo sozinha.

Eis que, para meu grande espanto, um médico e um psicólogo me dizem que o segredo está na respiração e que, basicamente, eu não sabia respirar. "A sério que é isto? Mas será que me podem dar uma solução mais lógica? Vai agora ser da respiração, claro que sim", pensei eu logo que ouvi. Pois é, estava longe de saber que era bem verdade. Depois de alguns exercícios (nada fáceis para mim, diga-se de passagem) de aprender a respirar com o abdómen, em especial, para evitar que a ansiedade escale para um ataque, percebi que era a mais pura das verdades. O sentimento de relaxamento e de tranquilidade foi tal, que passou a ser a minha grande arma em situação de stress e este é outro dos problemas. Embora as grandes crises de ansiedade tenham passado, esqueci-me de que ela continua aqui e também pode estar mascarada sob a forma de stress, seja resultante das nossas relações, do trabalho, do dia-a-dia ou... de uma pandemia mundial.

A aula de Stress Relief da Sara Montes veio precisamente recordar-me da importância de parar e respirar fundo. Ora bem, é uma aula de 45 minutos que começa de uma forma muito simples, inspirando e expirando profundamente, sentados na posição de lótus. Sempre acompanhados pelo comando da voz da Sara ou de um silêncio cheio de paz. De seguida, partimos para dois movimentos, de forma a desbloquear o nosso corpo e deixá-los também eles relaxados. O primeiro consistiu na rotação da cabeça em 360º, expirando no movimento ascendente e inspirando a descendente. O segundo é rodar o tronco também da mesma forma, alternando o sentido.

Voltamos à respiração, desta vez utilizando o polegar e o indicador da mão esquerda para tapar a narina direita ou esquerda. Assim controlámos a respiração sob o comanda da Sara, que contava 4 segundos e nos mandava inspirar, suster ou expirar. Pode parecer muito tempo a fazer exercícios de respiração. mas acredite: vai ficar tão relaxada que nem vai dar por este a passar.

"OK, mas porque é que devia fazê-lo?", está a questionar-se. Em primeiro, porque sim, a meditação é para todos! E em segundo, terceiro, quarto e por aí fora, é só benefícios. Desde o controlo dos nossos pensamentos, das nossas emoções, aprendemos a estar bem connosco, a dominar os nossos medos e a saber canalizar as nossas energias. Não, não é a resposta para a felicidade certa, mas pode colocar-nos no caminho certo. Caminho esse que estou agora a iniciar.

Newsletter

O seu ritual de Beleza tem mais um passo: assine a newsletter Miranda e receba as novidades da cosmética e artigos dos nossos #RealFluencers no seu email.

Na sua rede favorita

Siga a Miranda no Instagram. Partilhe as suas fotos de Beleza com #SomosTodosMiranda