O que têm em comum uma personal shopper, uma actriz e uma social media manager? Além da nacionalidade portuguesa, estas três mulheres mudaram-se para o estrangeiro à procura de novos desafios e oportunidades. Hoje, falam connosco sobre as suas rotinas de Beleza e bem-estar: o que mudaram, o que descobriram, e os produtos made in Portugal que usam desde sempre.

Cloe Vaz

Os segredos de Beleza de 3 portuguesas que vivem no estrangeiro

Apesar de portuguesa, Cloe Vaz vive e trabalha em Londres. Começou a sua carreira na indústria da moda em lojas como a Selfridges e Harrods, passou por agências de comunicação, trabalhando com marcas como a Gucci e a Lanvin, e agora desempenha a função de personal shopper na Net-a-Porter.

Quando é que foste viver para Londres, e o que fazes por lá?

Sinto-me realmente orgulhosa por tudo o que atingi desde que me mudei para Londres, há 5 anos atrás; os últimos anos da minha vida profissional têm sido memoráveis e foram realmente um ponto de viragem. Mudei-me para a personal shopping team na Net-a-Porter há um ano e meio atrás, e desde então fui promovida três vezes em doze meses - foi a primeira vez que o departamento teve uma progressão tao rápida. O meu trabalho consiste num aconselhamento e styling super personalizados, que envolvem muita dinâmica e atenção ao detalhe, tenho que ser eficiente sem cometer erros e é disso que mais me orgulho.

Quais são as marcas de Beleza que sempre usaste e porquê?

A única marca de beleza que sempre usei e continuo a usar é a Lancôme. Quando morava em Portugal nunca soube ou me importei muito com marcas de beleza, usava muitos produtos da Sephora mas nunca dei importância a ingredientes ou a reviews, coisa que agora sigo religiosamente.

Que marcas de Beleza passaste a usar depois de começares a trabalhar em moda?

Todos os produtos na minha rotina são novas adições, não por serem de marca, mas porque são as marcas a que fui exposta quando me mudei para cá, e depois de experimentar várias estas são as que funcionam para a minha pele. O que mais mudou foi o uso da Beautypedia, não compro nenhum produto sem ler o que eles dizem, fica a dica!

Qual é a tua rotina de maquilhagem para trabalhar?

Para trabalhar no meu dia-a-dia tenho uma rotina super básica, acredito mais em ‘pele’ do que em maquilhagem e portanto prefiro investir mais em tratamentos e limpezas de pele do que em produtos de maquilhagem. Tenho normalmente reuniões e/ou appointments com os meus clientes, às vezes em hotéis, na sua casa ou no escritório, e tudo isto implica muito andar para a frente e para trás, portanto é importante que o meu look esteja fresco e perfeito o dia todo.

Começo com a base da Charlotte Tilbury, a Light Wonder Youth-Boosting Foundation é o meu go to por ser super leve e dar-me a cobertura de que preciso sem "afogar" a minha pele. O melhor pó do mundo que deixa tudo no lugar é o Veil Translucent Setting Powder da Hourglass que uso sempre depois de aplicar a base. Para corrector uso o Radiant Creamy Concealer da Nars entre dois tons (custard e ginger), acho que misturar os dois tons dá-me uma cor final mais natural e perfeita para o que preciso. No meu dia-a-dia não faço contouring mas uso o meu bronzer The Matte Bronzing Veil da Kevyn Aucoin nas mesmas zonas para dar o mesmo efeito, especialmente nas bochechas. Uso óleo de rícino nas pestanas todos as noites, para as fortificar e sempre com a esperança de que elas cresçam 5cm. Evito a máscara de pestanas, passo só a escovinha ou então uso a Hypnôse Mascara da Lancôme, que para mim continua a ser a melhor. E não vivo, mas não vivo mesmo sem Lucas Papaw, e o meu go to para todo o dia. Os meus lábios já são rosa por isso não uso batom, este bálsamo deixa os suaves e com um brilho natural.

E a rotina de maquilhagem para uma festa?

Para uma festa faço o mesmo ritual mas brinco mais com os olhos, tento fazer a minha versão de um smokey eye, em tons castanhos que fazem os meus olhos verdes sobressair. Uso o lápis Colour Chameleon nas linhas de água de baixo e de cima do olho, depois uso as três cores mais escuras da paleta Dolce Vitta na pálpebra e em baixo. Uso a mesma base e corrector mas adiciono este pote mágico, The Sensual Skin Enhancer da Kevyn Aucoin que faz com que todas as imperfeições desaparecerem e a pele parece ter sido editada no photoshop quando tiro fotos. Para contouring uso o Beach Stick no nariz, na testa e nas bochechas para delinear a zona e depois o bronzer por cima. Iluminador uso sempre, o meu favorito é o Shimmering Skin Perfector Pressed Highlighter no tom Opal da Becca (eles fazem os melhores highlighters). A minha melhor amiga ensinou-me o truque de colocar spray de água de rosas no pincel (eu uso o Facial Spray With Aloe, Herbs and Rose Water da Mario Badescu) e depois aplicar o iluminador. À noite também uso Paw Paw, sempre, nunca tenho de me preocupar com retoques ao longo da noite e parece sempre bem.

Há alguma marca/produto de beleza made-in-Portugal que uses?

A colónia que uso todos os dias, mas todos os dias, é a Colónia Picu Baby, que é para bebés mas tem o cheirinho perfeito para o dia-a-dia. Tenho na minha mala, no escritório, em casa e na minha bolsa de maquilhagem. Compro imensos frascos sempre que estou em Lisboa.

Qual é a diferença na relação com a Beleza que sentes entre Portugal e Inglaterra?

Desde que comecei a trabalhar em moda e beleza que a minha percepção do que é importante mudou completamente, e claro mudar-me para Londres e adaptar-me ao frio e a um estilo de vida completamente diferente tiveram um impacto na maneira como cuido e me preocupo com a minha pele.

O facto de provavelmente fazer praia uma a três semanas por ano faz toda a diferença e é algo que nunca me apercebi ser tão importante para a minha pele, especialmente porque tenho tendência para acne. Faço muitos mais facials de tratamento e limpezas de pele porque a minha pele está muito mais suja e precisa de muita mais hidratação durante o inverno. Mudar-me para Londres também me apresentou ao laser, que tento fazer frequentemente.

Depois de saíres de Portugal e de começares a viver num país estrangeiro, o que mudou na tua rotina de beleza, na forma como te maquilhas e fazes exercício?

Eu cresci a dançar e fi-lo profissionalmente até me mudar para Londres, portanto até então essa era a minha forma de exercício. Em Londres, onde se trabalha muito - 10, 12, às vezes 14 horas por dia -, ir ao ginásio pode ser muito difícil se não estiver cimentado na nossa rotina, e portanto comecei a incorporá-lo na minha. Vou todos os dias menos aos fins-de-semana, antes de ir para o escritório. Também estou mais consciente do que ponho na minha pele porque sei que fica ‘suja’ mais rapidamente e reage ao tempo de maneira diferente, cuido muito mais dela.

Quais são os teus espaços de beleza favoritos em Londres?

A Skin Laundry na Liberty London, onde comecei a fazer laser. É super rápido e eficiente. A Cowshed é super british e é o meu sitio preferido para fazer manicura and pedicura quando quero mesmo apreciá-las e fugir da rotina. A melhor massagem da minha vida, e ainda que não regularmente é um miminho de mim para mim mesma necessário, é no Espa Life no hotel Corinthia. Kobox e Barry’s Bootcamp são os meus sítios de eleição para quando quero fazer algo mais além do ginásio. Adoro fazer boxing e HITT training e os dois conceitos são super eficientes, intensivos mas divertidos ao mesmo tempo.

Qual é o teu Beauty Mantra?

Lavar a cara sempre com água fria!

E as tuas resoluções de Beleza para 2019?

Realmente beber três litros de água por dia e tentar usar produtos mais naturais que funcionem para a minha pele.

Sandra Cóias

Os segredos de Beleza de 3 portuguesas que vivem no estrangeiro

Sandra Cóias começou a trabalhar como modelo aos catorze anos, mas rapidamente passou para a televisão e para o cinema. Estudou representação em Nova Iorque, trabalhou em projectos de realizadores como Joaquim Leitão e Leonel Vieira, e agora vive em Los Angeles. Além da representação, é apaixonada por animais e pelo meio ambiente, e já lançou um livro de culinária, "As Minhas Receitas".

Quando foste viver para LA? Estás a trabalhar como actriz?

Estou entre Lisboa e Los Angeles. Fiz um filme o ano passado e aguardo a estreia no próximo ano. Tudo demora o seu tempo, e castings e contactos tem sido a presente actividade em LA.

Quais são as marcas de Beleza que sempre usaste e porquê?

Sempre usei produtos naturais, desde que comecei a ir a Marrocos, há mais de 25 anos que trago óleo de Argan puro e uso no corpo, cabelo e rosto. A água de rosas para limpar a pele, óleo de coco e açúcar para esfoliar e Argila para fazer máscara para o rosto. Tudo muito simples. Não uso marcas que testam ou mandam testar os seus ingredientes em animais.

Qual é a tua rotina de maquilhagem para trabalhar?

No dia a dia, uso apenas rímel, lápis preto e batom hidratante.

E a rotina de maquilhagem para uma festa?

Neste caso, também com marcas não testadas em animais, uso produtos da The Body Shop, entre outras que vou adquirindo.

Há alguma marca/produto de beleza made in Portugal que uses?

Pasta Dentífrica Couto, porque não testa em animais.

Qual é a diferença na relação com a Beleza que sentes entre Portugal e os Estados Unidos?

Devido ao clima, a minha pele de rosto e corpo está sempre mais hidratada em LA do que em Portugal. Em Portugal tenho a necessidade de a hidratar mais. Em relação à maquilhagem, uso o básico a não ser que tenha um casting ou algum evento.

Depois de saíres de Portugal, o que mudou na tua rotina de beleza, na forma como te maquilhas e como fazes exercício?

Muito pouco mudou, apenas acabo por ter mais tempo para treinar todos os dias quando estou em LA, de resto as rotinas mantém-se.

Quais são os teus espaços de beleza favoritos em LA?

Não tenho nenhum em especial.

E o teu Beauty Mantra?

Continuar a usar produtos naturais, cujos ingredientes são nomes pronunciáveis e que a minha pele possa reconhecer. Ser feliz e agradecida é o melhor mantra.

Quais são as tuas resoluções de Beleza para 2019?

As mesmas de sempre... Sou vegan, o que comemos é o que somos e isso reflecte-se obviamente na nossa pele. Beber muita água. Continuar a treinar e a usar produtos não testados em animais.

Andreia Roberto

Os segredos de Beleza de 3 portuguesas que vivem no estrangeiro

Depois de passar brevemente por Inglaterra, Andreia Roberto mudou-se para Barcelona, onde vive e trabalha há quatro anos. Especializada em social media, já trabalhou com marcas como a Polaroid, a Mr Wonderful e a Paez.

Quando foste viver para Barcelona? O que tens feito por aí?

Vim para Barcelona no inicio de março de 2015 depois de ter tido uma experiência em Inglaterra, mais propriamente em Bournemouth. Deixei Portugal depois do Verão de 2014, para alargar os meus horizontes, procurar novas oportunidades de trabalho e viver uma nova realidade multicultural. Foram 6 meses muito intensos, de muitas aventuras e descobertas num ambiente completamente diferente. Mas nem tudo foi rosas e primeiro que me adaptasse foi um problema - a cultura inglesa é muito distinta da nossa e ainda mais diferente quando estás numa terrinha perdida fora dos grandes centros urbanos. Mas os 6 meses acabaram e era tempo de voltar. Na minha cabeça estava bem claro que não queria voltar para Portugal, também não queria ficar em Inglaterra, precisava de sol e boa comida e de estar um bocadinho mais perto do meu país. Depois de fazer uma pesquisa percebi que Barcelona seria uma boa opção: sol, praia, gente de todos os lados e os salários não era nada maus! Saí de Inglaterra em Março, desfiz as malas no Algarve e voltei a fazê-las.

Estou em Barcelona há quase 4 anos e por aqui o que não falta são oportunidades, principalmente na área digital. Especializei-me em social media e tenho trabalhado em diferentes empresas, mas o que mais “me mola” que é como quem diz, o mais fixe de tudo isto é poder comunicar na língua portuguesa tendo em conta que muitas multinacionais têm a sua sede ibérica por aqui - há sempre um departamento, ainda que pequenino, com portugueses. Já trabalhei como responsável de comunicação na Polaroid, fui Social Media Manager na Mr Wonderful e na Paez e há menos de uma semana abracei um novo projeto.

Quais são as marcas de Beleza que sempre usaste e porquê?

Desde que deixei de comer carne, há cerca de 1 ano, tive a preocupação também de começar a usar produtos cruelty-free e orgânicos (apesar de não ter deitado fora nem oferecido o que tenho em casa). Tudo são etapas e estou, ainda, a adaptar-me a esta nova filosofia e a começar a usar produtos sólidos, e a fazer os meus próprios cremes de modo a contribuir para a redução da pegada ecológica. Fiz algumas alterações quanto a marcas de beleza; actualmente uso The Body Shop, Lush, Freshly Cosmetics (uma marca espanhola), Kat Von D e Urban Decay.

Em termos de produtos de rosto, costumo usar o Tónico Matificante de Tea Tree e o Creme em Gel Hidratante de Vitamina E, que hidrata a minha pele mista em profundidade sem deixá-la oleosa, ambos da The Body Shop. Para proteger a pele do sol uso o Crema Solar Facial Healthy Protection da Freshly Cosmetics, e para olhos uso o Enchanted Eye Cream da Lush.

Qual é a tua rotina de maquilhagem para trabalhar?

As minhas rotinas de maquilhagem para trabalhar e para uma festa são essencialmente a mesma: começo por colocar uma base da Kat Von D, mas se quiser uma com menos cobertura prefiro a Matte Clay Skin Clarifying Foundation da The Body Shop. Depois uso o pó compacto da mesma linha, uma paleta de blushes e bronzeadores da Benefit, iluminador da The Balm, um corrector da Catrice de que gosto bastante, e a nível de maquilhagem para o dia-a-dia é isto que uso.

Quando vou sair à noite, normalmente costumo fazer um smokey eye e uso batom consoante a ocasião, assim como máscara de pestanas, ambos da Etnia, outra marca de maquilhagem espanhola.

Há alguma marca/produto de beleza made-in-Portugal que uses?

Não, neste momento não uso nenhum.

Qual é a diferença na relação com a Beleza que sentes entre Portugal e Espanha?

Acho que a diferença entre Portugal e Espanha (neste caso, Portugal e a Catalunha), é que as portuguesas são muito mais preocupadas com a aparência. As minhas colegas, por exemplo, usam só o essencial, o creme hidratante, muitas delas nem sequer usam protecção solar, não se maquilham para ir trabalhar nem se maquilham muito para sair à noite. Acho que nisso as portuguesas são um bocadinho mais preocupadas.

No entanto, Espanha é um país muito grande e com uma diferença cultural gigantesca. Se formos para o sul de Espanha, para a zona de Andaluzia, as mulheres preocupam-se imenso com a imagem, estão sempre muito maquilhadas e parece que vão ao cabeleireiro todos os dias.

Mas a nível geral, sendo que Barcelona é uma cidade tão multicultural, em comparação com as minhas amigas sou a que se preocupa mais e dedica mais tempo diário à rotina de beleza. Isto também porque tive muitos problemas de pele quando era adolescente, e acne na pós-adolescência, por isso hoje em dia ainda tenho marcas de acne que precisam de atenção.

Depois de saíres de Portugal e de começares a viver num país estrangeiro, o que mudou na tua rotina de beleza, na forma como te maquilhas e fazes exercício?

Quando estava em Portugal fazia sempre a minha rotina de pele, mas normalmente usava um bb cream ou uma base, punha a máscara das pestanas e já estava. Em Barcelona preocupo-me um bocado mais com a maquilhagem - gosto de comprar básicos de boa qualidade que sei que vou usar constantemente.

A nível de exercício, em Portugal fiz natação durante muito tempo, até aos dezoito anos, mas quando fui para a faculdade deixei de fazer exercício. Em Inglaterra também não fiz desporto, e só quando cheguei a Barcelona é que decidi voltar a ter uma vida mais activa, porque entretanto tinha engordado alguns quilos. Nesse dia, inscrevi-me num ginásio e comecei a preocupar-me mais com a minha saúde, tanto a nível de exercício como a nível de alimentação.

No início seguia um plano muito rigoroso e ia ao ginásio de quatro a cinco vezes por semana, mas depois apaixonei-me pelo crossfit e incorporei-o na minha rotina. Hoje em dia tento equilibrar os meus planos de treino com a minha vida social, mantendo uma dieta equilibrada sem me privar das coisas que mais gosto de comer. Sempre que tenho oportunidade vou a Portugal fazer trails na montanha de 15 ou 20km. Também deixei de comer carne, outro aspecto importante.

E os teus espaços de beleza favoritos em Barcelona?

Para mim, o melhor salão de cabeleireiros que alguma vez visitei é o New Look. São super profissionais, o serviço é muito personalizado, vou lá de duas a três vezes por ano sempre que quero mudar de visual. A Mariona, que é a minha hairstylist preferida, faz sempre um trabalho excelente. Recomendo a qualquer pessoa que venha a Barcelona para experimentar. É um sítio com boas energias, perfeito para relaxar.

Quais são as tuas resoluções de Beleza para 2019?

Espero que a minha pele melhore bastante, porque fica com manchas sempre que estou mais nervosa ou com stress. Quero continuar a fazer as minhas rotinas de skincare, e ter a oportunidade de conhecer e experimentar mais marcas cruelty-free.

Newsletter

O seu ritual de Beleza tem mais um passo: assine a newsletter Miranda e receba as novidades da cosmética e artigos dos nossos #RealFluencers no seu email.

Na sua rede favorita

Siga a Miranda no Instagram. Partilhe as suas fotos de Beleza com #SomosTodosMiranda