Não há volta a dar. Os picos de insulina no organismo são os responsáveis pelo aumento de gordura, e a repetição contínua desses picos faz com que a gordura visceral (a da barriga) se acumule à volta dos órgãos. O fígado fica gordo, os rins ficam gordos, o pâncreas fica gordo, os intestinos ficam gordos, logo, a barriga incha e dilata.

É exatamente por esta razão que a gordura da barriga é a mais perigosa, pois ela põe em perigo a função dos nossos órgãos e o estado da nossa saúde em geral. Ainda que a gordura se instale noutras partes do corpo, a maioria é acumulada na barriga e esta gordura central e visceral representa um sinal de alerta ao qual devemos reagir o mais rapidamente possível.

#BodyShaper: celulite, uma patologia que atinge 95% das mulheres
#BodyShaper: celulite, uma patologia que atinge 95% das mulheres
Ver artigo

Mas, afinal, por que razão a gordura tende a acumular-se na zona do abdómen e não no lóbulo da orelha direita, no ombro esquerdo ou no antebraço? É um mistério! Um mistério para a própria Ciência médica. A gordura nas nádegas ou nas coxas não passa precisamente disso: de gordura nas nádegas e nas coxas. Esprememo-la nos jeans, sentamo-nos em cima dela, lamentamos a celulite que ela provoca e ponto final. É chata mas não mata. Representa apenas um excesso de calorias ingeridas face ao gasto de energia despendido. Metabolicamente falando, essa gordura localizada é relativamente pacata.

Uma coisa é certa: todas as mulheres querem ter uma barriga lisa e uns abdominais tonificados, mas o estilo frenético da vida moderna e a fraca força de vontade de resistir aos atraentes balcões das pastelarias, de onde fumegam notas olfativas de prazer, saem sempre vitoriosos. Conclusão: é na barriga que vivem as nossas ansiedades – a das borboletas boas e a das borboletas más. Por isso, é com o cérebro que temos de conversar e explicar-lhe que é ele quem comanda... e comanda mesmo tudo!

Da próxima vez que olhar para um croissant, amordace o coração e siga o conselho do cérebro! Construa, gradualmente, uma força de vontade férrea e um cérebro orgulhoso do seu poder. A barriga é a primeira zona do corpo a aparecer quando começamos a meter o pé na poça, e a última a ir-se embora quando começamos a redimir-nos do mal que fizemos. Por isso, é preciso ter alguma paciência para esperar pelos resultados.

Em breve palavras, o que fazer?

*Beba muita água. Muita, muita, muita...

* Reduza ou corte o açúcar.

* Evite hidratos de carbono simples ou com alto nível glicémico (pão, arroz branco, batata, abóbora, beterraba, banana, melancia, doçarias...).

* Ingira hidratos de carbono com nível glicémico médio ou baixo (pão de cevada, arroz integral, iogurte, brócolos, beringela, tomate, cenoura, cebola, alho, framboesas, cerejas, kiwi, uvas, quinoa, lentilhas...).

* Elimine de vez o consumo da gordura hidrogenada (bolos, gelados, salgados, margarinas...).

* Troque o sal de cozinha por limão, ervas aromáticas ou sal marinho.

* Ingira alimentos ricos em vitamina C (laranja, limão, morango, kiwi...).

* Mantenha o equilíbrio entre o consumo de gordura ómega 6 (carnes vermelhas) e o consumo de gordura ómega 3 (peixe — salmão, sardinhas, atum — mas também chia, linhaça, sementes de cânhamo, nozes...). Procure ingerir maior quantidade de ómega 3.

* Aumente o consumo de fibras (maçã, pera, figo, pêssego, banana, alface, rúcula, agrião, espinafres, brócolos, feijão, grão, lentilhas, arroz integral, linhaça, chia, farelo de aveia, nozes, amêndoas...).

* Consuma alimentos ricos em crómio (carne, ovos, frutas como maçã, laranja, uvas, canela, espinafres, alface, cenoura crua, pepino, beringela, alho, linhaça, chia...).

* Consuma alimentos ricos em zinco (fruta, legumes, leguminosas, como por exemplo o grão, frutos secos, peixe, carne...).

* Em suma, consuma proteína, fibras e gordura boa de forma equilibrada.

* Veja no ovo cozido o maior aliado de uma barriga lisa.

* Combata o stress e a ansiedade.

* Mastigue devagar.

* Ataque de frente o sedentarismo.

* Faça atividade física entre 30-45 minutos todos os dias.

* Entregue-se ao prazer da minha massagem Barriga Fit.

* Tenha uma boa noite de sono (o sono é vital!).

Depois de seguir todas as dicas acima, deixo-lhe uma Dica de Beleza: faça, todos os dias, uma automassagem à barriga, depois do duche diário ou à noite, antes de se deitar.

  • Num frasco, misture 10 gotas de óleo essencial de cânfora e 5 ml de óleo essencial de jojoba.
  • Massaje a barriga com movimentos circulares durante um minuto.
  • De seguida, também em movimentos circulares, belisque a pele de toda a barriga durante mais um minuto.

São dois minutos diários que, ao fim de algum tempo, farão toda a diferença.

Izabel de Paula é a primeira Body Shaper Expert em Portugal. De Norte a Sul do país, o seu método é procurado por mulheres que querem melhorar os contornos do seu corpo e também a sua auto-estima.

Inclua este passo no seu ritual de Beleza!

Subscreva a newsletter da Miranda by SAPO.

Receba antes de toda a gente as melhores dicas de Beleza.

Ative as notificações da Miranda.

Enquanto o verniz das unhas seca…

Siga a Miranda by SAPO no instagram. Use a #SomosTodosMiranda nas suas publicações.