Para dizer a verdade, não há alimentos proibidos. Uma coisa, por exemplo, é um pão com manteiga de vez em quando, outra é um pão com manteiga três vezes ao dia, todos os dias da semana. A resposta está sempre no equilíbrio. Tudo o que sai fora do equilíbrio alimentar é um deslize, mas um deslize não está propriamente proibido na vida, nem teria graça que assim fosse. Exige, sim, uma boa gestão para que passe despercebido na balança.

Os deslizes não se gerem ao longo de um dia. Por exemplo, se fazemos um deslize ao almoço, não temos de passar fome ao jantar e ir para a cama com o estômago a roncar. Comer menos no dia seguinte também não é opção. Os deslizes gerem-se durante a semana, que é composta por catorze refeições principais. Se a maioria dessas refeições for equilibrada, qualquer deslize, por maior que seja, passa despercebido. Mas, afinal, quantos deslizes podemos cometer?

#BodyShaper: perder peso é uma coisa, mantê-lo é outra
#BodyShaper: perder peso é uma coisa, mantê-lo é outra
Ver artigo

A gestão dos deslizes não segue uma regra matemática, tudo depende do deslize e frequência com que é cometido. O objetivo não é cometer um máximo de deslizes (muito pelo contrário) mas, sim, seguir ao máximo uma alimentação inteligente, equilibrada, testemunho de boa saúde e de escolhas conscientes.

A consciência desempenha um papel fundamental na alimentação. Sente prazer em beber um copo de vinho? Beba! Sente prazer em comer um brigadeiro? Coma! Mas será necessário beber ou comer mais do que um? Ponha a mão na consciência antes de deslizar.

Não salte refeições. Saltar refeições significa diminuir o aporte nutricional de uma refeição e pôr o corpo em estado de carência, carência essa que a leva à fome, a petiscar daqui e dali e... ao aumento de peso. Se não tem fome ou vontade de cozinhar, prepare uma coisa rápida mas com uma qualidade nutricional razoável.

#BodyShaper: alimentos para construir um corpo imaculado
#BodyShaper: alimentos para construir um corpo imaculado
Ver artigo

Às vezes, uma sanduíche pode ser a solução ideal. Se pegar numa fatia de pão (açúcar lento), juntar fiambre, salmão fumado, atum, frango ou ovo cozido (proteína), regar com um fio de azeite (matéria gorda), colorir com alface ou tomate (fibra) e acompanhar com uma peça de fruta, fica com uma refeição equilibrada.

Não debique constantemente. Comer uma fatia de bolo de aniversário não a fará engordar. O perigo vive em estar constantemente a debicar. Se seguir uma alimentação saudável, não sentirá vontade de estar constantemente a debicar. Troque as bolachas por um chá. Aprenda a distinguir fome de vontade de comer. O debicar compulsivo, em resposta à ansiedade, pode ter consequências graves na sua balança. Ponha a mão na consciência e pergunte-se: "Será que este chocolate vai resolver a ansiedade dos meus problemas?" No momento, talvez sim. Mas, mais tarde, pesar-lhe-á ainda mais o sentimento de culpa e a ansiedade. Pense nisso!

Izabel de Paula é a primeira Body Shaper Expert em Portugal. De Norte a Sul do país, o seu método é procurado por mulheres que querem melhorar os contornos do seu corpo e também a sua auto-estima.

Inclua este passo no seu ritual de Beleza!

Subscreva a newsletter da Miranda by SAPO.

Seja a primeira a receber as melhores dicas de Beleza

Ative as notificações da Miranda.

Enquanto o verniz das unhas seca…

Siga a Miranda by SAPO no instagram. Use a #SomosTodosMiranda nas suas publicações.