Está comprovado que os nossos pensamentos e crenças, muitas vezes distorcidos, que repetimos a nós próprias e nos quais acreditamos fervorosamente, possuem uma carga emocional e energética tão forte que provocam doenças e deixam marcas a nível físico. Aprender a curar esse bloqueio energético é fundamental, não só para o nosso bem-estar interior, como para o nosso equilíbrio vital. A cura pode estar na meditação. 

Quantas vezes damos por nós a olhar para uma pessoa relativamente jovem e a pensar que “parece mais velha”? A pele apresenta sinais de desgaste e está baça, o rosto está sulcado pelas rugas e toda a sua aparência parece tombada por um peso invisível que lhe tira a força e o brilho?

#ÀFlorDaPele: boas energias precisam-se
créditos: foto: Mark Adriane/Unsplash

Stress e ansiedade afetam a energia da pessoa, manifestam-se na sua aparência, e a pele é uma das primeiras a dar sinais, já que este órgão do corpo sofre agressões constantes – externas – pois está diretamente exposto aos elementos, como o vento ou o sol, e internas, através de descargas hormonais, como o cortisol – hormona cuja função é ajudar o organismo a controlar o stress, a reduzir inflamações e a contribuir para o funcionamento do sistema imunitário.

#ÀFlorDaPele: a beleza tem prazo de validade? Não, não tem
#ÀFlorDaPele: a beleza tem prazo de validade? Não, não tem
Ver artigo

Mas o cortisol em excesso tem consequências, já que uma pele que sofre constantemente descargas de cortisol e de outras hormonas, como a prolactina, por exemplo, é mais propensa a ter rugas. Há assim um desequilíbrio que faz com que as nossas células tenham um tempo de vida mais diminuto e que vivam num estado constante de inflamação, o que pode originar os mais diversos problemas: aparecimento de manchas, rugas, rosácea, borbulhas.

Sempre que atravessamos picos de stress, ansiedade, tristeza, e nos encontramos em descompensação emocional interior, a nossa pele reage. E onde há desequilíbrio, há inflamação.

Não é, por isso, de estranhar que na área da Beleza e da Cosmética, técnicas de terapia alternativa, como o Reiki e a meditação, estejam atualmente a ser consideradas como formas igualmente válidas de cura, permitindo tratar a nível físico, mental e emocional, e tendo efeitos como a redução do stress, de insónias, depressão, ou até o alívio de sintomas de doenças autoimunes e do foro dermatológico.

Através da terapia energética vibracional Reiki – reconhecida pela Organização Mundial de Saúde – é possível devolver vitalidade à pele, conseguida por meio do equilíbrio energético. Confusos? Eu explico.

#ÀFlorDaPele: boas energias precisam-se
créditos: foto: Diego PH/Unsplash

A terapia Reikiana entende que nada se manifesta no corpo sem antes ter atingido os campos energéticos. É a energia que alimenta o nosso corpo físico – órgãos, vísceras e tecidos – mantendo as nossas funções vitais. Sempre que esse fluxo de energia é interrompido, ou entra em deficiência e descompensação, os órgãos ficam com as suas funções alteradas, podendo dar origem a doenças.

Quando meditamos ou utilizamos o Reiki para equilibrar as nossas energias, ativamos a nossa consciência e conseguimos melhorar a nossa respiração, ficar mais serenos, abrandar, reduzir o stress e conectar com as nossas emoções e pensamentos, já que esta terapia provoca no organismo uma profunda sensação de paz, relaxamento, conforto e tranquilidade.

O Reiki desbloqueia, permitindo que a força vital flua de forma natural pelo corpo, repondo energeticamente o que se havia perdido e trazendo equilíbrio ao organismo. O resultado? Sente-se no corpo, melhora a qualidade do sangue e dos órgãos e, por último, poderá inclusive refletir-se na pele, melhorando a circulação sanguínea e a desintoxicação de órgãos importantes ao bom funcionamento do corpo humano, como rins, fígado, bexiga e intestinos.

#ÀFlorDaPele: é possível reparar estragos de Beleza de anos a fio?
#ÀFlorDaPele: é possível reparar estragos de Beleza de anos a fio?
Ver artigo

E é por este motivo que o Reiki começa a ser utilizado, cada vez mais, como uma ferramenta que permite combater o envelhecimento. Modelos como Miranda Kerr, Gisele Bündchen, ou as atrizes Gwyneth Paltrow, Cameron Diaz ou Amber Anderson, assumem que a cura energética as ajudou a ultrapassar problemas como a ansiedade ou a depressão, e que é uma poderosa ferramenta diária para o seu bem-estar.

O Reiki deve sempre atuar como uma terapia complementar, auxiliando os tratamentos médicos convencionais – quando existem – mas nunca os substituindo. Para além disso, enquanto ferramenta que pode utilizar em si própria e em seu benefício, limpa e clarifica o campo energético, provocando uma sensação de profundo relaxamento, conforto e paz.

Por isso, genética à parte, faça a sua rotina de cura energética da mesma forma que todos os dias desmaquilha o rosto ou aplica um creme hidratante. Livre-se dos dogmas e do ceticismo e abrace a luz divina. O seu rosto agradece.

Mafalda Santos fez das palavras profissão, tendo já passado pelo jornalismo, assessoria de imprensa, marketing e media relations. Acredita em quebrar tabus e na educação para a diferença, temas que aborda duas vezes por mês, na Miranda, em #ÀFlorDaPele.

Inclua este passo no seu ritual de Beleza!

Subscreva a newsletter da Miranda by SAPO.

Receba antes de toda a gente as melhores dicas de Beleza.

Ative as notificações da Miranda.

Enquanto o verniz das unhas seca…

Siga a Miranda by SAPO no instagram. Use a #SomosTodosMiranda nas suas publicações.